quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

FELIZ ANO NOVO

Desligue o Player da radio do blog e assista ao vídeo


terça-feira, 22 de dezembro de 2015

TREMORES DE TERRA E APROXIMAÇÃO DO ELENIN

Eu como não tenho medo de expor as minhas opiniões e teorias e como gosto de estudar eventos climáticos, científicos e espaciais, e observando alguns eventos que estão acontecendo pelo mundo assim como uma rachadura gigantesca que apareceu do nada no sopé das montanhas Bighorn, em Wyoming, EUA, e sem contar o grande número de tremores que estão chacoalhando o Brasil.
Esta rachadura não tem apenas poucos metros de largura, ela abriu um fosso de 685 metros de comprimento e 45 metros de largura, dentre outras anomalias que estão acontecendo pelo mundo afora, inclusive com pequenos terremotos como aconteceu já duas vêzes em Londrina e uma vez na minha cidade de Assai, tenho a seguinte teoria a respeito:
Londrina tem as Termas Águas quentes e próximo a Assai temos as Termas Aguativa De Cornelio - Aguativa Golf Resort, e qualquer pessoa geologicamente inteligente sabe que águas quentes, assim como água com alto teor de enxofre como em Poços de Caldas em Minas Gerais são decorrentes do restante de atividades vulcânicas que já existiram no Brasil.
Aliás aqui no Paraná e no Brasil existem vários vulcões extintos, assim como a cratera do Vulcão da região de Poços de Caldas que foi um dos maiores do mundo só perdendo para Yellowstone, então, a minha teoria agora é que vai mais longe, com a aproximação a cada 3.600 anos da estrela Nemesis que é 1/10 do nosso Sol e que tem em sua órbita o tão famoso planeta X, chamado de vários nomes, assim como Elenin, Nibiru e outros que é 4 vezes maior do que Jupiter que quanto mais se aproximar do Sol, mais tremores teremos por aqui, e olha lá, se esse evento não ativar todos os vulcões inativos do mundo, inclusive pelo jeito o que estamos em cima aqui na nossa região, se isso acontecer espero que ele abra a sua cratera bem longe de mim.
É só uma teoria que espero que esteja errada e nunca vire realidade.