quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

satânico percurso da carne para sua mesa Satanic route of meat to your t...

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A PAGANIZAÇÃO DOS POVOS

Você já ouviu falar da ULTIMATE FIGHTING CHAMPIONSHIP? Pois é segundo esses maníacos sedentos de sangue humano, 2011 foi o ano do Boom do UFC no Brasil, e segundo eles as fotos abaixo são as melhores da competição. O ser humano toda vida gostou de derramamento de sangue, e inclusive fazem isto  sob a pretensa desculpa de servirem a Deus com sacrifícios de animais, mas daí ver plateias inteiras delirando de ver sangue humano é uma coisa digna dos filhos de HaSatan.  Ao final postei a opinião de autoria do Arcebispo de Belém - PA, Dom Alberto Taveira Corrêa da Canção Nova. Vejam as fotos e tirem suas conclusões sobre as novas manias esportivas do povo, Parecem gladiadores no Coliseu de Roma.










Como ser cristão num ambiente paganizado?

O primeiro passo é a certeza nascida da escolha de Deus

O mundo em que vivemos, muitas vezes chamado de aldeia global pela diversidade de culturas que convivem com a proximidade oferecida pelos meios de comunicação, traz consigo o desafio da tolerância nas relações humanas e, ao mesmo tempo, a possibilidade de nos manifestarmos legitimamente, a fim de que tudo o que nos é próprio se transforme em dom a ser compartilhado.

Constata-se que o Cristianismo é hoje alvo de repetidas investidas, com as quais é questionado em seus princípios e orientações morais. Num tempo em que as espécies animais, as árvores e as águas são valorizadas como nunca – e com razão! – ser a favor da vida desde a concepção até a morte natural é considerado conservadorismo! As chamadas questões de gênero encontram artilharia pronta para mirar a Igreja e os cristãos, a ponto de os conceitos oriundos da Sagrada Escritura não poderem ser oferecidos para a formação das consciências. É possível que o relato da criação que afirma ter Deus criado homem e mulher seja censurado por aí! Um rolo compressor pretende calar a voz da pregação corajosa do Evangelho, quando personalidades da Igreja se levantam para denunciar o tráfico de pessoas e de drogas. Em nossa região, chega-se ao ponto de personalidades eclesiásticas necessitarem de esquemas especiais de segurança para exercerem o direito de ir e vir.

Como ser cristão num ambiente paganizado? O primeiro passo é a certeza nascida da escolha de Deus, no seguimento de Jesus Cristo, não se envergonhando d'Ele nem de Seu Evangelho. A coerência com as opções feitas conduz ao respeito nas relações interpessoais. Já ouvi, de algumas pessoas, a manifestação de apreço aos cristãos que, mesmo debaixo de saraivadas de acusações, se mantêm firmes. Depois, a verdade vem a ser oferecida e não imposta, acreditando na voz da consciência, muitas vezes abafada, mas sempre presente, por meio da qual o Espírito Santo suscita em todas as pessoas a busca do bem. Em algum momento as pessoas se sentirão provocadas pela força da retidão! Além disso, respeitar as opções dos outros não significa obrigatoriamente apoiá-las. Ninguém pode nos obrigar a assinar um manifesto a favor do erro patente, cujos frutos se fazem imediatamente notar!

E por falar em frutos, não é difícil notar a quantidade de crianças, adolescentes e jovens sem referências familiares sólidas, como resultado de algumas gerações até estimuladas ao divórcio. Vale continuar, de nossa parte, a fazer propaganda da família estável, dos filhos considerados dom de Deus, do relacionamento entre homem e mulher vivido segundo a lei de Deus. Retrógados? Tradicionais? Antes, corajosos, sem medo de pôr à disposição nosso modo de viver e entender a existência humana.

Mas as incompreensões são inevitáveis. Com o Apóstolo São Pedro, podemos tomar posição: "Quem é que vos fará mal, se vos esforçais por fazer o bem? Mais que isso, se tiverdes que sofrer por causa da justiça, felizes de vós! Não tenhais medo de suas intimidações, nem vos deixeis perturbar. Antes, declarai santo, em vossos corações, o Senhor Jesus Cristo e estai sempre prontos a dar a razão da vossa esperança a todo aquele que a pedir. Fazei-o, porém, com mansidão e respeito e com boa consciência. Então, se em alguma coisa fordes difamados, ficarão com vergonha aqueles que ultrajam o vosso bom procedimento em Cristo. Pois será melhor sofrer praticando o bem, se tal for a vontade de Deus, do que praticando o mal. De fato, também Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos pecados, o justo pelos injustos, a fim de nos conduzir a Deus. Sofreu a morte, na existência humana, mas recebeu nova vida no Espírito" (I Pd 3, 15-18).

Para dar razões da esperança que em nós existe, é preciso não fugir da convivência com o que é diferente. Antes, com a necessária formação, aprender a dialogar, escutando as motivações das outras pessoas. O respeito mútuo fará vir à tona os verdadeiros valores. Aos cristãos caberá estar atentos ao que existe de mais humano, o mistério mais profundo da consciência.
Pode também acontecer que a brecha aberta pelo próprio Deus nos corações seja o mistério da dor. Por ela só pode passar o amor gratuito, livre, que ilumina todos os espaços. Muitas pessoas, aguerridas em suas batalhas verbais, escondem angústias terríveis, para as quais não há resposta senão no mistério de Cristo morto e ressuscitado, o Senhor em quem acreditamos. Ele é o melhor e definitivo presente que podemos oferecer a todos. O Espírito da verdade, prometido por Jesus, nos dê, também na atual geração, a necessária lucidez para o testemunho corajoso do Evangelho.

 Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo de Belém - PA
Canção Nova

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

SEITA ISLAMITA REIVINDICA ATENTADO EM IGREJA NA NIGÉRIA


A seita islamita Boko Haram, da Nigéria, reivindicou neste domingo a autoria do atentado contra uma igreja de Madalla, perto da capital, Abuja, que matou 29 pessoas. "Somos responsáveis por todos os ataques dos últimos dias, inclusive a bomba na igreja de Madalla", disse, em declarações por telefone, um porta-voz da Boko Haram, Abul Qaqa.

Segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, o ataque foi fruto de um "ódio cego e absurdo". "O atentado contra a igreja na Nigéria, precisamente no dia de Natal, manifesta infelizmente mais uma vez um ódio cego e absurdo que não tem nenhum respeito pela vida humana", disse Lombardi, em declarações à imprensa, na Santa Sé.

Segundo Lombardi, o atentado "busca suscitar e alimentar ainda mais o ódio e a confusão". O aumento das tensões interreligiosas na Nigéria, sexto país do mundo em número de cristãos, inquieta o Vaticano. Em novembro passado, durante sua visita a Benin, o papa Bento XVI insistiu na tradição tolerante do Islã na África e na coexistência pacífica entre muçulmanos e cristãos.






A verdade é a seguinte, o ocidente está assistindo passivamente à queima de cristãos no mundo árabe a bastante tempo sem tomar nenhuma providência por isso.

As nossas autoridades estão lavando as mãos contra tais atos de ódio religioso e isto não está certo. O mundo islâmico fala que lamenta, mas não faz nada para parar com o ódio dos seus radicais, e enquanto isso no mundo inteiro, inclusive no Brasil, as Mesquitas tem toda liberdade de funcionamento e respeito, e em contrapartida eles nos retribuem da forma como estamos vendo. 

Na Arábia Saudita é proibido entrar com uma bíblia sagrada, enquanto que no Brasil eles fazem o que querem com a anuência dos nossos governantes.

Torna-se necessário uma ação conjunta entre a Igreja Católica Romana e os Evangélicos no sentido de pressionar as autoridades no mundo inteiro a restringir os direitos de culto dos muçulmanos fora do mundo  islâmico até que eles controlem o ódio dos seus adeptos contra o cristianismo em seus territórios.

O problema é deles, só que eles mentem, falam que lamentam, mas aprovam o uso da violência contra os outros povos que não professam a mesma fé deles. Como disse o Profeta Isaías: "Esse povo fala de Paz, mas o seu coração está cheio de rapina e maldade".

domingo, 25 de dezembro de 2011

UMA NOTÍCIA QUE ESTÁ ABALANDO O EGITO

Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia e então a enterrou com seu bebê nascido há poucos dias e uma filha de 8 anos de idade.

As crianças foram enterradas vivas! Ele então disse à polícia que um tio havia matado as crianças. Quinze dias mais tarde, outra pessoa da família morreu.

*Quando foram enterrá-la, encontraram as duas crianças sob a areia ? E VIVAS!*

O país ficou em choque e o homem será executado.. Perguntaram à menina de 8 anos como ela havia conseguido sobreviver por tanto tempo e ela disse: *'Um homem que usava roupas brilhantes e com feridas que sangravam em suas mãos, vinha todos os dias para nos alimentar. Ele sempre acordava minha mãe
para dar de mamar à minha irmã'..*

Ela foi entrevistada no Egito numa TV nacional por uma mulher jornalista que tinha o rosto coberto. Ela disse na TV pública, 'Foi Jesus quem veio cuidar de nós, porque ninguém mais faz coisas como essas!'

Os muçulmanos acreditam que Isa (Jesus) aparecerá para fazer coisas desse tipo, mas as feridas em Suas mãos dão provas de que Ele realmente foi crucificado e que Ele está vivo!

Também ficou claro que a criança não seria capaz de inventar essa história e não seria possível que essas crianças vivessem sem um milagre verdadeiro.

Os líderes muçulmanos terão muita dificuldade em lidar com essa situação e a popularidade do filme 'Paixão de Cristo' não os ajuda!

Como o Egito está bem no centro da mídia e da educação do Oriente Médio, você pode ter a certeza de que essa história vai se espalhar rapidamente.

*Jesus Cristo ainda está deixando o mundo de pernas pro ar!*

Por favor espalhe esta história por todos os lugares. 'O Senhor diz, 'Abençoarei a pessoa que colocar Sua confiança em mim''
(Jeremias 17). . ::

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

EM CASO RARO BEBÊ NASCE COM DUAS CABEÇAS EM HOSPITAL DO PARÁ


Um bebê com duas cabeças idênticas nasceu no Hospital Municipal de Anajás, no Pará, na segunda-feira e foi transferido de avião para a Santa Casa de Belém no começo da tarde de hoje para acompanhamento médico. De acordo com o hospital de Anajás, o menino estava consciente e não precisou ser encaminhado a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após o parto.

Segundo informou a direção do hospital, a criança nasceu por volta da 1h da manhã de ontem. A mãe, uma jovem de 25 anos, sentiu fortes dores e procurou a unidade de saúde. "Identificamos por meio de um ultrassom que o bebê tinha duas cabeças e imediatamente acionamos a equipe médica e o bloco cirúrgico para fazer a cesariana", contou o diretor da unidade, Claudionor Vasconcelos.

A cirurgia durou cerca de uma hora porque, segundo os médicos, o bebê estava sentado em uma posição difícil. "Mesmo com todos os problemas estruturais de um hospital de interior, os médicos conseguiram o objetivo, que foi de salvar tanto a mãe como o bebê", comemorou Vasconcelos.

O menino nasceu com 4,5 kg, sem nenhuma complicação. A criança ficou no quarto com a mãe na ala de pediatria, até a transferência para a capital. A mãe também não teve nenhuma complicação.

A transferência para o hospital da capital foi feita de táxi aéreo por uma equipe do Samu. Na chegada em Belém, um aparato de UTI já aguardava mãe e filho para fazer a transferência para a Santa Casa de Misericórdia.

O caso é considerado inédito na região. "Não temos nenhuma notícia de um caso assim aqui no município e acredito que também no Estado", ressaltou o médico.

A Santa Casa de Misericórdia informou, por meio de sua assessoria, que uma equipe de médicos fazia a avaliação da criança por volta das 15h50 e que somente irá se pronunciar sobre como será feito o acompanhamento do caso no final da tarde.
Fonte: Terra Noticias

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

É O FIM, IGREJA PEDE NA JUSTIÇA DIREITO DE USAR MACONHA NOS CULTOS

Christopher Bennett
A Igreja do Universo, com sede no Canadá, entrou em uma disputa judicial para ter o direito a utilizar maconha com fins religiosos. Representada pela figura de Christopher Bennett, Sacerdote da igreja, a disputa começou em 2009, quando Bennett enviou uma carta ao ministro da saúde solicitando que a erva fosse incluída como item de prática religiosa na lei que regulamenta o uso de substâncias controladas.

Recentemente, o Juiz Michel Shore divulgou decisão contrária às solicitações feitas por Bennett, afirmando que não foi provado que a maconha tenha “qualquer ligação com a religião”. Bennett afirma que em seus estudos, chegou à conclusão que a cannabis sativa (nome científico da erva) seja uma forma de consciência coletiva, uma manifestação divina. Ele publicou três livros sobre o assunto e garante usar maconha em rituais religiosos há mais de vinte anos. Curiosamente, o juiz Michel Shore também tem livros publicados sobre religião e espiritualidade.

Hoje com 49 anos, o defensor da erva afirma que passou a frequentar a Igreja do Universo em 1990, quando em uma de suas sessões recebeu uma revelação da própria maconha de que na verdade, a cannabis não era uma droga, mas sim, a árvore da vida mencionada no Apocalipse.

Em seu argumento, Bennett relacionou diversos casos de religiões que, ao longo do tempo, utilizaram a maconha em seus rituais, como forma de alcançar um nível superior de espiritualidade. O juiz Shore, reconheceu que apesar dos fatos históricos listados, Bennett não conseguiu provar a relevância da maconha para uma religião, e entendeu que a legislação do Canadá não poderia privilegiar os adeptos de uma seita. No Canadá, a maconha é permitida para fins medicinais, com uso controlado por meio de prescrições médicas, e em relação a isso, o juiz entendeu que nesses casos, a erva é utilizada para proteger a segurança e a saúde pública.

Inconformado com a decisão, Bennett afirmou que tratava-se “claramente de uma discriminação religiosa”. O sacerdote da Igreja do Universo é dono de uma loja que comercializa ervas místicas e também colabora com um site que divulga conteúdo ligado à maconha. No processo, segundo o Gospel Prime, Bennett inseriu uma pesquisa feita no Google, e afirmou que os termos “Jesus” e “maconha” aparecem em diversos conteúdos ligados à religião.

As doutrinas da Igreja do Universo defendem que a maconha é citada na Bíblia em diversas passagens, e que por uma tradução errada, teria sido omitida nos escritos.

Uma dessas passagens bíblicas que a igreja contesta, é a de Êxodo 30:23, onde é mencionado uma quantidade de cálamo para a unção dos sacerdotes. Nesse ponto, as doutrinas defendidas por Bennett indicam que o termo cálamo é resultado da tradução errada de “Kaneh-Bosum”, e que o correto seria “cânhamo”, um outro nome dado à maconha. Baseados nisso, afirmam que Jesus e seus discípulos usaram maconha para ungir e curar enfermos.

Christopher Bennett e a Igreja do Universo irão recorrer da sentença, para garantir que seus rituais continuem sendo praticados de forma intensa e completa.

LEI MARCIAL É APROVADA NOS EUA


12.12.2011 – Aprovada prisão por tempo indeterminado, sem acusação formal e sem o devido processo legal – ainda aguarda sanção de Obama.
O Congresso americano aprovou a Lei Nacional de Autorização de Defesa, que dá poder ao Governo Federal de usar as Forças Armadas contra a sua própria população, de prender por tempo indeterminado americanos em qualquer lugar no mundo, sem nenhuma acusação formal e sem o devido processo legal. Você chamaria isso de Lei Marcial?

O Senado aprovou por 93 votos a 7! A Câmara fez algumas emendas e a lei passou. Americanos, vocês fizeram por merecer! Afinal, um típico cidadão americano não passa de uma criança gigante mimada, viciada em esportes, celebridades e entretenimento.

Nada sabe sobre o mundo, tampouco sobre sua própria história, sobre o tesouro de liberdade da humanidade que foi conquistado a custo de muito sangue pelo povo americano e de inspiração divina por parte dos Pais Fundadores dos Estados Unidos em 1776, quando as 13 colônias uniram-se para declarar independência, dando início à Revolução Americana contra a Tirania da (ainda hoje!) psicopata e sanguinária Coroa Britânica.

A Lei de Defesa atenta violentamente contra a Constituição americana, contra a Carta de Direitos Civis dos Estados Unidos e contra uma lei chamada Posse Comitatus, que limita a atuação dos militares na esfera civil daquele país. Se esta lei for sancionada por Obama, militares e policiais estarão autorizados a prender por tempo indeterminado e sem nenhuma acusação formal qualquer cidadão americano.

Para aqueles que defendem a atuação de militares na esfera civil, deve-se lembrar que um militar é treinado para destruir coisas, invadir e defender territórios e matar pessoas. Militares não são treinados (e nem devem ser) para administrar conflitos, investigar crimes e perseguir bandidos.

Será que militares e policiais vão entrar nessa onda? De prisão sem acusação formal e por tempo indeterminado e prisão de pessoas que já foram declaradas inocentes? Seria a instituição de um Estado de exceção tirânico e absoluto.
Segundo Stewart Rhodes, da associação civil “Guardiões do Juramento” (Oathkeepers), se policiais e militares baixarem a cabeça, ignorarem a história de seu país e fizerem cumprir esta lei, justificando a existência dos Campos de Concentração FEMA que foram recentemente ativados, haverá uma segunda guerra civil nos Estados Unidos. E realmente isto seria inevitável, uma vez que os Estados Unidos têm a maior população armada do mundo e a cultura histórica, garantida em sua Carta de Direitos, de formar milícias armadas com o objetivo de deter um governo que venha a se tornar tirânico.

A esperança, caso esta lei seja sancionada, é de que haja um número suficiente de militares e policiais Despertos para a realidade da Nova Ordem Mundial e da Agenda Globalista, e que tenham coragem de não obedecer uma lei inconstitucional e autoritária. Lembrem-se: se os Estados Unidos caírem, não haverá nada que tenha poder suficiente para impedir a instituição e a consolidação de um Governo Mundial Tirânico.

A LEI SERÁ ENCAMINHADA PARA SANÇÃO PRESIDENCIAL
Para entrar em vigor, esta lei deverá ser sancionada pelo presidente Barack Obama, o qual já ameaçou vetá-la. O ex-editor do Wall Street Journal, Paul Craig Roberts, acredita que Obama irá vetá-la porque ele já estaria fazendo uso desses poderes ilegais independentemente da aprovação do Congresso e porque uma eventual sanção colocaria os Estados Unidos numa posição de violação da Convenção de Genebra, uma vez que entre as implicações da detenção militar está o fato de que os detidos são considerados prisioneiros de guerra. Seja como for, com lei ou sem lei sancionada, os Estados Unidos já são um país veladamente totalitário.
Por André o’Zaca  -  Fonte: Brasil Indomável
Enviado por Wagner Dias

domingo, 11 de dezembro de 2011

PRESIDENTE CHINÊS ORDENA À MARINHA QUE SE PREPARE PARA COMBATER


O presidente da China, Hu Jintao, determinou na terça-feira (6) à Marinha que se prepare para combater e a seguir modernizando suas forças, com o objetivo de garantir a segurança nacional, informou a agência oficial Xinhia (Nova China).

Jintao pediu à Marinha que acelere a modernização e desenvolva preparativos intensos para o combate militar, com o objetivo de “salvaguardar a segurança nacional e a paz mundial”, destacou a agência oficial, no momento em que as ambições marítimas da China inquietam os vizinhos e os Estados Unidos.
Em 24 de novembro, o Ministério da Defesa da China tinha anunciado a realização de exercícios militares navais em águas do oceano Pacífico, após o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, divulgar no último dia 16 o aumento da presença militar americana na Austrália, o que irritou as autoridades de Pequim.
Em um breve comunicado, o ministério chinês esclareceu que os exercícios anunciados serão manobras de rotina, “não dirigidas contra nenhum país ou alvo em particular” – mas os analistas destacam a coincidência temporal dessas ações com as crescentes tensões da China com os Estados Unidos.
O Ministério da Defesa chinês não especificou o local exato das manobras, nem quantos navios participarão. A emissora de televisão japonesa NHK informou que seis navios da Marinha chinesa, entre eles um destróier antimísseis, foram detectados perto das ilhas de Okinawa, em direção ao Pacífico.
O analista chinês em assuntos militares Ni Lexiong confirmou ao jornal local South China Morning Post o descontentamento de Pequim com Washington.
- Pequim está muito descontente por ver os EUA envolvidos nas disputas territoriais no Mar da China Meridional, desafiando nossa soberania territorial em aliança com o Vietnã e Filipinas.
Na semana passada, Obama realizou uma longa viagem pelo Pacífico, que incluiu sua participação em duas cúpulas – a da Apec, no Havaí, e a da Ásia Oriental, em Bali -, onde aproveitou para dizer que as missões norte-americanas seriam uma prioridade na política de defesa do Pentágono (Departamento de Defesa americano).

Na Austrália, uma das escalas da viagem, Obama anunciou que 2.500 marines (fuzileiros navais) americanos seriam destacados ao norte do país para ampliar a presença estratégica dos EUA no Pacífico ocidental.
O anúncio motivou críticas da China, que classificou a medida como inoportuna, num momento em que, segundo Pequim, todos os países devem trabalhar juntos para sair da crise econômica.

O mar da China Meridional, principal foco de tensões na região, abriga as ilhas Spratly e Paracel, reivindicadas pela China e outros países da área, junto ao que se acredita ser uma das maiores reservas mundiais de petróleo, ainda não exploradas. Filipinas e Vietnã, outros dois países que reivindicam parte desses arquipélagos, acusaram a China neste ano de aumentar as hostilidades na região.

A China acusa os EUA de manterem uma “mentalidade da Guerra Fria” e pede às partes em conflito no mar da China Meridional que negociem diretamente com Pequim, sem internacionalizar a questão, o que não impediu que o assunto fosse levado por Obama à mesa multilateral de Bali na semana passada, na Cúpula da Ásia Oriental.

O ministro das Relações Exteriores chinês, Yang Jiechi, se reuniu no último 23 de novembro com a subsecretária de Estado americana, Wendy Sherman, a quem pediu que os dois países “devolvam as relações bilaterais ao caminho correto”.

- China e EUA devem respeitar mutuamente seus respectivos interesses e lidar adequadamente com assuntos sensíveis.
Analistas dizem que a iniciativa dos EUA é um desafio direto às tentativas da China para dominar a área, e é provável que reforçar os aliados dos EUA na disputa do Mar do Sul da China.
Fontes:

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O EURO PODE EXPLODIR


“A situação é grave, o euro pode explodir”, advertiu nesta quinta-feira o ministro francês Assuntos Europeus, Jean Leonetti''. 

“A Europa pode desabar, o que seria uma catástrofe, não apenas para a Europa e para a França, mas para todo o mundo”, declarou o ministro em entrevista ao Canal Plus, horas antes do início em Bruxelas de uma reunião de cúpula considerada decisiva.

Para Leonetti, na medida do possível, as discussões para resolver a crise da dívida da Eurozona devem acontecer entre os 27 países que integram a União Europeia (UE).
Mas França e Alemanha não descartam um acordo entre os 17 países da zona do euro, caso os Estados que não utilizam a moeda única não desejem uma associação.

Leonetti também criticou as agências de classificação financeira. “Me irritam um pouco. Antes atuavam em função de critérios econômicos e financeiros, agora usam critérios políticos”, disse o ministro.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

DESCOBERTO NOVO PLANETA EM ZONA HABITÁVEL


Novo planeta em zona habitável carece de estudos mais profundos
 Apesar de parecer uma fantástica descoberta, o novo exoplaneta recém-descoberto pela Nasa não deve ser visto como uma "nova Terra", com características que permitem o desenvolvimento de formas de vida similares às que conhecemos.

Batizado como Kepler 22b, o planeta se encontra fora do nosso Sistema Solar e foi descoberto através de imagens captadas pelo telescópio espacial Kepler, da Nasa. Segundo a agência americana, o objeto mede 2.4 vezes o tamanho da Terra e completa uma translação ao redor da sua estrela em 290 dias.
 A descoberta, publicada na revista "The Astrophysical Journal", ocorre depois que a Nasa anunciou uma lista com 54 objetos que poderiam ser classificados como planetas e que orbitariam dentro da chamada "zona habitável", uma região nas proximidades da estrela que permite que a água - caso exista - seja encontrada na forma líquida.

Poucas informações
É importante destacar que zona habitável não significa que o planeta possua todas as condições de habitabilidade. Os dados sobre o objeto são muito escassos e estão baseados na luminosidade, espectro eletromagnético e características orbitais que permitem determinar sua massa, mas até agora não é possível saber nem ao menos se o planeta é rochoso ou gasoso.


Um dos principais entraves para se adquirir dados mais consistentes sobre Kepler 22b é sua distância. O objeto se localiza a 600 anos-luz da Terra, cerca de 6 quatrilhões de quilômetros, uma distância que faz o longínquo Plutão, a 5 bilhões de km, situar-se ali na esquina.

 Trânsito
Para descobrir o exoplaneta os cientistas utilizaram a técnica do trânsito, um método que mede continuamente a luz da estrela e detecta pequenas variações no brilho causadas pela passagem de um objeto na frente do disco luminoso. Kepler analisou a luz de nada menos que 150 mil estrelas e a cada sinal de variação repetia o teste por três vezes.

Após uma detecção válida, a equipe de pesquisadores utilizou diversos telescópios baseados em terra e também as imagens do telescópio espacial Spitzer para confirmar as observações. Kepler está focado nas constelações de Lyra e Cisne.

Apesar das poucas informações sobre o novo exoplaneta, a descoberta é um importante marco na busca por astros com características similares á da terra e que possam abrigar vida, mesmo que isso demore ainda muito tempo.

 Artes: No topo, exoplaneta Kepler-22b, distante 600 anos-luz da terra e localizado dentro da zona habitável de sua estrela. Acima, diagrama mostra a localização das zonas habitáveis do Sistema Solar e de Kepler-22. Crédito: Nasa, Apolo11.com.

sábado, 3 de dezembro de 2011

GENERAL CHINÊS AMEAÇA UMA TERCEIRA GUERRA MUNDIAL PARA PROTEGER O IRÃ


Um general militar da National Defense University, diz que a China não deve hesitar em proteger o Irã, mesmo que isso signifique lançar a terceira guerra mundial, como navios de guerra dos EUA são mais enviados para a região em meio a tensões.
De acordo com a NDTV, uma estação de notícias chinesa com sede fora do país, em relação à recente especulação de que o Irã seria o alvo de um ataque norte-militar israelense, major-general Zhang Zhaozhong comentou que, “a China não hesitará em proteger o Irã, mesmo com uma terceira guerra mundial “, comenta o descreveu como” intrigante para alguns “.
A reportagem também cita o professor Ming Xia como citar parafraseando Zhaozhong de que, “não hesitando em lutar contra uma terceira guerra mundial seria inteiramente para uso doméstico necessidades políticas.”
A China reafirmou o seu veemente aliança com o Irã nas últimas semanas, principalmente ontem, quando elese recusou a criticar o Irã para um ataque à embaixada britânica  em Teerã por estudantes iranianos lançaram no início desta semana.
China e Rússia deixaram claro que vai vetar qualquer autorização da ONU de uma ação militar contra o Irã na sequência das afirmações de que o Irã está prestes a desenvolver uma arma nuclear.
“A China observou as reações duras feitas pelos países relevantes sobre este evento e está preocupado com o desenvolvimento da situação”, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês Hong Lei disse a jornalistas hoje .
“Esperamos que os países relevantes manter a calma e moderação e evitar tomar ações emocionais que podem rachet o confronto.”
Enquanto isso, em um desenvolvimento relacionado, mais três navios de guerra dos EUA foram enviados para participar do USS John C. Stennis na região 5 da frota.
Com o Stennis, uma classe Nimitz supernavio de propulsão nuclear, já estacionados do lado de fora das águas territoriais iranianas, o USS Carl Vinson porta-aviões acaba de ser implantado a partir de seu porto de origem para se juntar os EUA 5 Fleet AOR.
“Além da partida do USS Carl Vinson, cruzador com mísseis guiados USS Bunker Hill e de mísseis guiados destroyer esquerda na parte da manhã, e Halsey USS decolará às 2:00,” relatórios NBC SanDiego , acrescentando que os navios estão indo para o Oriente Médio.
Temores de um ataque militar iminente à Síria foram desencadeadas quando o USS George HW Bush deixou o seu habitual teatro de operações para posicionar-se apenas ao largo da costa da Síria, mas o navio de guerra já terminou a sua missão e está velejando de volta ao seu porto de origem em Norfolk Virginia .
Exibir a última a cortesia naval atualização do mapa Stratfor.com abaixo: