terça-feira, 4 de outubro de 2011

ÁGUA, EM ALGUNS LUGARES ELA JÁ NÃO EXISTE

Deli, India, todos querem um pouco de água.
Dois sudaneses bebem água dos pântanos, com tubos plásticos, especialmente concebidos para este fim, com filtro para filtrar as larvas flutuantes, responsáveis pela enfermidade da lombriga da guiné. O programa distribuiu milhões de tubos e já reduziu em 70% esta enfermidade debilitante.
Os glaciares que abastecem a Europa com água potável perderam mais da metade do seu volume no século passado. Na foto trabalhadores da estação glacial de esqui de Pitztal na Áutria, cobrem o glacial com uma manta especial para proteger a neve e retardar o seu derretimento durante os meses de verão.
As águas do delta do rio Niger são usadas para defecar, tomar banho, pescar e despejar o lixo.
Água suja em torneiras residenciais devido ao avanço indiscriminado do desenvolvimento.
Aldeões na ilha de Coronilla, Quênia, cavam poços profundos em busca do precioso líquido a apenas 300 metros do mar. A água é salobra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário