quarta-feira, 16 de março de 2011

MÉDIA ANUAL DE TERREMOTOS JÁ FOI ULTRAPASSADA INFORMA EARTH QUAKE

Observatório Sismológico da UNB-Universidade Nacional de Brasilia diz que terremotos no Brasil estão aumentando
Já passamos a média anual de terremotos de 7 a 7,9 graus, e nem estamos ainda na metade do ano

VEJA AQUI http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/eqarchives/year/eqstats.php

Principal órgão de terremotos dos Eua informa em seus dados que já estamos na média de terremotos assima de 7 a 7.9 graus prevista para 1 ano, sem ainda nem termos chegado a metade do ano.

O terremoto de 9 graus na escala Richter que atingiu o Japão na madrugada desta sexta (11) deixou também Mato Grosso em alerta pelo fato de o Estado também ser suscetível a abalos sísmicos, embora não tão fortes quanto o ocorrido em terras nipônicas. Para se ter uma ideia, Mato Grosso, detém 57% dos abalos sísmicos do país. E todos os que aconteceram em território mato-grossenses foram praticamente na mesma cidade, Porto dos Gaúchos (a 625 km de Cuiabá).

Estudos do Observatório Sismológico da UNB apontam que isso ocorre porque nesta região há um rebaixamento da crosta terrestre, também chamada de zona de fraqueza. Contudo, os pesquisadores garantem que não há motivos para se preocupar já que apenas pequenos abalos ocorrem no Estado. O maior deles ocorreu em 1955 e apontou um indice de 6,6 pontos na escala Richter, que vai até 9.2, escala essa usada para medir a intensidade da força de terremotos.

De acordo com os estudos do Observatório, esse número cresce cada vez mais. Neste ano já foram detectados sete tremores nas regiões de Minas Gerais e Goiás. Segundo o chefe do departamento de geologia da UFMT, Shozo Shiraiwa, Mato Grosso ainda nao sofreu nenhum abalo este ano, o que estranhamente não bate com as informações abaixo:

(11/03/2011) Paranaíba-MS registra tremor de terra de 3,8 graus.

(10/03/2011) Montes Claros-MG registra novo abalo sísmico: Tremor de terra foi de magnitude 3.2 na escala Richter

(08/01/2011) Terremoto de 4,1 graus na escala Richter atinge o Norte de Goiás

(08/10/2010) Goiás e Tocantins registram maior abalo císmico dos últimos 50 anos, 4,5 graus na escala Richter.

(05/10/2010) Mara Rosa – GO, Terra treme em pelo menos cinco cidades no norte de Goiás

Ponto de vista: ‘’Tem algo errado acontecendo bem embaixo dos nossos pés, e os senhores do mundo se recusam a informar a população’’. Que Deus nos guarde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário