terça-feira, 4 de janeiro de 2011

APÓS PASSAROS, ESTADO AMERICANO DO ARKANSAS TEM MORTE DE PEIXES

Cerca de 100 mil peixes apareceram mortos no Rio Arkansas.


Incidente não tem relação com morte de aves no dia anterior, diz governo.

As autoridades do estado americano do Arkansas estão investigando a morte de cerca de 100 mil peixes no Rio Arkansas, no oeste do estado, depois que mais de dois mil pássaros caíram mortos do céu, misteriosamente, na cidade central de Beebe.

Os peixes apareceram boiando na água em um trecho de 30 quikômetros do rio, próximo a Ozark, a mais de 200 km de Little Rock.

Segundo as autoridades, a morte dos peixes deve ter sido causada por alguma doença. Só uma espécie foi afetada.

A morte dos pássaros, segundo os especialistas, pode ter sido provocadas por estresse causado por fogos de artifício da virada do ano. Ela não tem relação com o incidente dos peixes.

Os melros morreram na sexta-feira, e os serviços de limpeza da cidade começaram no dia seguinte.

Cidade americana tem estranha chuva de pássaros negros mortos no Ano-Novo
Pássaro negro na rua Skylark, em Beebe, no Arkansas, após estranha chuva de aves mortas no Ano-Novo
Os funcionários faziam buscas em Beebe, cidade de cerca de 4.500 pessoas, para coletar por volta de 5.000 pássaros. Eles começaram a cair do céu no final da noite de Ano-Novo, e continuaram até o dia seguinte.
Agentes estaduais passaram de casa em casa neste domingo na pequena cidade de Beebe, no Arkansas (EUA), para coletar pássaros mortos, após milhares de aves negras terem misteriosamente caído do céu.

“Pode ter ligação com o clima, ou com estresse”, disse Keith Stephens, porta-voz da Comissão de Caça e Pesca do Arkansas. “Houve disparos de fogos de artifícios à meia-noite e é possível que os pássaros estivessem estressados em sua rota.

Habitantes foram surpreendidos por acontecimento insólito no primeiro dia do ano

Stephen disse que granizo ou raios dos últimos dias também podem ter feridos as aves, mas ele disse não ter visto sinais físicos de ferimento nos pássaros coletados até então. http://www.fimdostempos.net/

Nenhum comentário:

Postar um comentário