sábado, 28 de agosto de 2010

MÁQUINA DE CAMISINHAS PARA MENORES FOI APRESENTADA AO DEPARTAMENTO DE AIDS EM BRASILIA

Máquina de preservativo desenvolvida para escolas públicas foi apresentada ao Departamento de Aids em Brasília
A covardia não está na apresentação da tal máquina, mas sim, no fato de que crianças  poderão fazer uso dela, isso é um incentivo à pedofilia e ao sexo indiscriminado. Parabéns Lula!
Para o vice-presidente da Associação de Pais e Professores (APP) do Instituto Estadual de Educação de Santa Catarina, ouvido pelo Diário Catarinense, Carlos Danilo Moreira Pires, trata-se de uma iniciativa que deve ser antecipada de medidas conscientizadoras sobre educação sexual. “Debates, palestras e orientações sobre o tema entre pais, alunos e professores são fundamentais”.

“A precaução é fundamental, mas a implantação dessa máquina sem a devida orientação pode incorrer em um erro pior do que não tê-la. É preciso criar mecanismos não para dificultar, mas para que aja a distribuição com consciência”, declara.

O que você acha da instalação de máquinas de camisinhas nas escolas? Dê sua opinião.

Prematuro – A discussão sugerida por Pires é defendida também pelo secretário estadual de Educação, Silvestre Heerdt. Segundo ele, a comunidade escolar precisa ser ouvida para saber se pais e alunos estão de acordo com o projeto. “Disseminar a cultura do uso do preservativo para evitar males maiores é válida, mas não podemos fazer isso afoitamente porque pode ser que estejamos estimulando o sexo prematuro”, salienta.

Cidades beneficiadas – Ainda não foram definidas as escolas que receberão as máquinas, mas três cidades estão confirmadas como beneficiadas: Florianópolis, João Pessoa e Brasília. Os alunos terão uma matrícula e receberão da escola uma senha para terem acesso aos preservativos.

De acordo com a assessora técnica Nara Vieira, da Unidade de Prevenção do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, o objetivo é ampliar o acesso de adolescentes e jovens aos preservativos, que muitas vezes ficam constrangidos em adquirir.

Outra intenção é incentivar o debate sobre sexualidade nas escolas por serem espaços de socialização e onde temas como estes aparecem no cotidiano. “O nosso papel é pensar em políticas que dão subsídios para que as medidas de prevenção possam ser adotadas”, coloca.

Equipamentos – A expectativa é de que as máquinas cheguem aos colégios até dezembro. A coordenadora do programa Educação e Prevenção na Escola vinculada à Secretaria de Estado de Educação, Rosemari Koch Martins, informa que até lá serão feitas consultas ao corpo pedagógico, aos alunos e aos pais de cada escola para saber a receptividade do programa. “Nada vai ser imposto. A questão da sexualidade já vem sendo inserida no currículo, se desdobrando em temas como doenças sexualmente transmissíveis, aids, gravidez e contraceptivos, por exemplo. Esses dispensários passam a ser mais um instrumento de trabalho pedagógico para o professor.”

O programa do Ministério da Saúde também irá aproveitar um projeto de João Pessoa, na Paraíba.

Opinião sobre o projeto:

A favor:

Para a professora Lucena Dall”Alba, do curso de Pedagogia da UFSC e doutora em Educação, com atuação em gênero e sexualidade e educação sexual, poucas foram as instituições que incluíram, de fato, momentos para atividades educativas sobre o assunto.

Para ela, a instalação de máquinas de distribuição de preservativos em algumas escolas do país é uma forma de produzir sujeitos autodisciplinados no que se refere à maneira de viver a sua sexualidade.

“Distribuir camisinhas gratuitamente nas escolas pode trazer benefícios se estiver aliada a programas de debates sobre questões não só de saúde, mas também da administração responsável da vida sexual “, orienta.

De acordo com Lucena, o projeto, aliado as atividades educativas que proporcionem o estudo e o diálogo sobre a constituição histórica da sexualidade contribui para desvincular o tema de tabus e preconceitos. Não apenas isso. Auxilia em relação às mudanças pelas quais as pessoas dão sentido e valor a sua conduta, aos seus desejos, aos seus sentimentos e aos seus sonhos.

Contra:

A instalação de máquinas de preservativos nas escolas públicas não é a forma mais didática de tratar a sexualidade. Esta é a opinião da psicopedagoga Albertina de Mattos Chraim, presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia de Santa Catarina. Para ela, a exposição dessas máquinas aguçará a imaginação de muitas crianças, banalizando assim o ato sexual.

“A máquina é um acesso à camisinha e a camisinha é o acesso ao ato sexual. Seguindo a análise antropológica, o homem passa por etapas simples de entendimento até chegar a uma fase de maturidade e, por isso, essas etapas devem ser respeitadas e não violentadas, de forma a jogar todos os alunos à exposição”, salienta.

A psicopedagoga defende que antes de se falar sobre sexo é necessário trabalhar a sexualidade no dia a dia da criança, onde valores, princípios, respeito, responsabilidades pessoal e social sejam assuntos a serem discutidos em sala de aula. Ela também sugere que é necessário colocar profissionais à disposição de alunos e pais para discutir e orientar sobre o assunto com mais privacidade.

“Não nos corredores de uma instituição onde o ato pode se resumir ao alcance de um preservativo”, contesta.

Agência Aids – 09.08.2010 - Centro de Recursos Integrados de Atenção à Saúde http://www.criasnotics.wordpress.com/  

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

JAPONESES QUEREM TRANSFORMAR A LUA EM PAINEL SOLAR GIGANTE

A Lua vai ganhar um bambolê. Mas se você acha que ela será atingida por asteróides e ganhará um anel semelhante a Saturno, a idéia não é essa. A Shimizu Corporation, uma empresa japonesa de construção (sim, eles!), propôs um plano para aproveitar a energia solar em larga escala com a construção de um cinturão de células solares em torno do satélite.

Segundo a empresa um anel de cerca de 11.000 milhas em todo o “equador” da Lua poderia coletar energia que seria transmitida para a Terra por microondas potentes e raios laser, atendendo as necessidades energéticas mundiais.

Para a sua construção, robôs tele-operados por um grupo aqui na Terra fariam a obra e seriam inspecionados por um grupo de astronautas. A luz solar seria captada pelas células solares do anel e convertida em eletricidade que seria transmitida por fios elétricos para instalações de transmissão local. Ali, a eletricidade seria convertida em microondas e raios laser e transmitida com precisão para os receptores 20 km de diâmetro na Terra, onde novamente seria convertida em eletricidade e fornecida à rede.

A empresa diz que uma das maiores vantagens do anel lunar é que a Lua praticamente não tem atmosfera, de modo que não há tempo ruim ou nuvens que pudessem comprometer a eficiência dos painéis solares. A idéia é gerar uma energia limpa que possa diminuir nossas dependências das energias atuais.

Os japoneses parecem realmente empenhados em dominar a Lua, só falta um parque temático (o que acredito, não vá demorar muito).

Link: Japoneses sueñan con convertir la Luna en una enorme planta solar (FayerWayer)  

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

ABSURDO: GOVERNO LULA DISTRIBUIRÁ CAMISINHAS PARA CRIANÇAS DE 10 ANOS EM ESCOLAS PÚBLICAS

Sexo Infantil

Florianópolis, João Pessoa e Brasília serão as primeiras cidades.

O que você acha de o governo distribuir camisinhas para crianças de 10 anos nas escolas?

Pois é. Esse é o projeto que o Ministério da Saúde está desenvolvendo nas escolas públicas. A máquina corruptora, desenvolvida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IF-SC), foi entregue em Brasília. Uma equipe de “pesquisadores” apresentou o protótipo. O programa do Ministério da Saúde também irá aproveitar um projeto de João Pessoa, na Paraíba.

A instalação do equipamento nas escolas tem despertado muitas opiniões favoráveis do governo, de ONGs sustentadas pelo Estado e da mídia igualmente comprada. A opinião dos pais e mães, cuja maioria se opõe aos esforços do governo de erotizar ainda mais crianças e adolescentes, é literalmente jogada para debaixo do tapete pelo governo e seus aliados gananciosos.

De início, escolas de Florianópolis, João Pessoa e Brasília receberão a máquina, mas a intenção do governo é expandir para todas as escolas do Brasil. Alunos a partir de dez anos terão uma matrícula e receberão da escola uma senha para terem acesso gratuito às camisinhas, pois uma das prioridades do governo é o pleno prazer sexual de crianças e adolescentes.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

NASA REVELA, A LUA ESTÁ ENCOLHENDO

A Lua está encolhendo como uma maçã velha, revela Nasa


Imagens de sonda mostraram que a circunferência do satélite diminuiu 100 metros em cerca de 40 anos
Foto: NASA
Ondulações no terreno perto do local onde ficou a Apollo 17 aconteceram recentemente e indicam que a Lua encolheu.

A Lua encolheu como uma maçã velha, revelam imagens da Nasa, que explica esta contração pelo resfriamento interno do único satélite natural da Terra.

Essas imagens, publicadas nesta quinta-feira (19) na revista americana Science, mostram modificações na superfície da Lua não detectadas anteriormente, indicando que sua circunferência "retraiu cerca de 100 metros em um curto período de tempo", explicou Thomas Watters, do Museu Nacional do Ar e do Espaço e principal autor desse trabalho.

As conclusões foram tiradas graças às fotografias registradas pelas poderosas objetivas posicionadas a bordo da Sonda de Reconhecimento Lunar (LRO), um instrumento espacial que a Nasa colocou na órbita da Lua em junho de 2009.

As fotografias revelam a existência de "escarpas lobuladas" (ondulações) no solo da Lua. Estas formações se situam principalmente nas regiões lunares de média altitude, em volta de todo o satélite. A contração e o "enrugamento" da superfície lunar seriam, assim, consequências do resfriamento do interior da Lua.

Esses traços geológicos já haviam sido fotografados próximos ao equador da Lua por câmeras panorâmicas durante as missões Apollo 15, 16 e 17, no início dos anos 70. Mas 14 novas escarpas lobuladas desconhecidas apareceram nas imagens de alta definição do LRO.

"Um dos aspectos mais impressionantes dessas ondulações lunares, é o fato de que elas parecem relativamente recentes", observou Thomas Watters.

"Eles surgiram na superfície lunar provavelmente por causa do resfriamento interno da lua", explicou.

"As imagens de ultra-alta definição fornecidas pelas câmeras de ângulo estreito a bordo do LRO vão revolucionar nossa percepção sobre a lua", declarou Mark Robinson, do Instituto da Terra e da Exploração Espacial da Universidade Estadual do Arizona (sudoeste), co-autor desta pesquisa e principal cientista responsável pelas câmeras do LRO. Fonte: IG

CLÉRIGOS MUÇULMANOS ENSINANDO COMO DEVEMOS BATER NAS MULHERES

Desligue o player da radio do blog e assista aos ensinamentos do Islã

terça-feira, 17 de agosto de 2010

GOVERNO MUNDIAL

Desligue o player da radio do blog e assista ao interessante vídeo:

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

CIENTISTAS ISRAELENSES DECLARAM TER ACHADO MEDICAMENTO CONTRA O CÂNCER

Drª Ronit Satich-Fainaro
by Diretor do Cafetorah

Os meios de comunicação em Israel estão anunciando o que pode ser a descoberta mais esperada dos últimos 100 anos, um medicamento eficaz para o câncer.

Segundo os cientistas, não é uma fórmula que cure e elimine o câncer de pessoas enfermas, mas fim é eficaz na eliminação do desenvolvimento do mesmo no corpo, evitando-a de se espalhar pelo corpo, o que tornaria a doença em crônica e não fatal.

Segundo os cientistas, os medicamentos deverão ser adaptáveis aos diversos tipos de câncer e aplicados através do sistema vascular como um soro.

A descoberta ainda está em fase de testes e já está tendo sucesso em ratos de laboratórios, a seguir deverão ser feitos testes com pacientes humanos. Acredita-se que o medicamento deverá ser reconhecido oficialmente em um prazo máximo de 5 anos após todos os testes serem concluídos.

O desenvolvimento e os testes da fórmula foram realizados no laboratório de Dra. Ronit Satchi-Fainaro que é especialista do setor de Fisiologia e farmacologia da Faculdade de Medicina de Tel Aviv.

O artigo e documentação completa deverá ser publicado no Jornal de Medicina mundial da FASEB, o mais renomado na área de medicina no mundo no mês de Setembro de 2010.

Segundo Dra. Ronit Satchi-Fainaro, "a conclusão de que chegamos é de que toda célula cancerígena necessita de se alimentar de sangue afim de se desenvolver, por isso, pensamos em criar um medicamento que soubesse distinguir entre células saldáveis e células cancerígenas, bloqueando seu recebimento de sangue. Desta forma desenvolvemos uma formula do tipo siRNA que se mostrou eficaz na distinção e na função do bloqueio.

Com o desenvolvimento desde medicamento, as pessoas que ainda não têm câncer mas são propensas, poderão receber o medicamento e se tornarem imunes, aqueles que já tiverem câncer poderão ser medicados, o que fará com que o câncer adormeça de vez, tornando a doença crônica e não mortal, podendo viver muitos anos com o câncer no corpo.

Nos testes realizados o medicamento se tornou eficaz e sem contra-indicações, agora nos resta esperar por mais testes e o desenvolvimento do mesmo para o setor industrial. http://www.cafetorah.com/

domingo, 15 de agosto de 2010

IRÃ ADIA CONFIRMAÇÃO DA SENTENÇA DE SAKINEH

Sakineh Mohammadi Ashtiani
Graça Magalhães-Ruether, O Globo

Não saiu neste sábado a decisão da Suprema Corte sobre a confirmação da sentença de Sakineh Mohammadi Ashtiani, de 43 anos, condenada à morte por adultério.

O novo advogado de Sakineh, Hotan Kian, confirmou o adiamento pouco depois de um encontro com representantes da Justiça em Teerã, que estaria tentando ganhar tempo até o anúncio de uma decisão superior a respeito da execução.

Kian informou que a Justiça exigiu os documentos originais de uma queixa que Sakineh apresentou às autoridades antes da morte do marido.

Na ação, na vara de família de Tabriz, Sakineh teria afirmado que não conseguia mais "viver com este homem".

Kian disse que a corte já tinha o documento, "mas o pediu de novo, para ganhar tempo". No próximo sábado, ele deverá comparecer novamente à Suprema Corte, em Teerã, à espera de uma resposta sobre o destino de sua cliente.

Diretora do Comitê Internacional contra a Pena de Morte e o Apedrejamento, a médica Mina Ahadi, ativista de direitos humanos que vive na Alemanha desde o início dos anos 90, resume numa frase os motivos para as dúvidas do advogado:

As mulheres no Irã não têm o direito de pedir divórcio.

Kian assumiu a defesa depois que Mohammad Mostafael, o primeiro advogado da ré, fugiu para Europa, dizendo ter sido intimidado por representantes da Justiça.

No encontro deste sábado, porém, o clima foi cordial, segundo Kian. Ele disse que pela primeira vez não ouviu acusações nem ofensas contra a sua cliente.

O advogado afirma que a confissão de adultério e participação no assassinato do marido feita por Sakineh na última quarta-feira foi obtida sob tortura.

Sexta-feira à tarde, Saijad, de 22 anos; e Saide, de 17 anos, filhos de Sakineh, tiveram mais uma vez a permissão para visitar a mãe.

Depois, o jovem telefonou para Mina Ahadi e contou que a mãe está sob forte pressão e mal conseguia falar.

Como antes, a pena pode ser cumprida dentro de uma semana  advertiu Mina.

Para ela, as declarações do embaixador do Irã em Brasília, negando que o governo brasileiro tenha oferecido asilo político para a iraniana, comprovam a arbitrariedade do regime islâmico do seu país. Nesta sexta-feira, o embaixador do Brasil em Teerã desmentiu o colega iraniano.

O governo brasileiro agora sabe com quem negociou em Teerã, com um governo que mente sobre qualquer coisa, que manda apedrejar e executar inocentes, que faz o que quer sem levar em consideração o que disse antes - acusou.

sábado, 14 de agosto de 2010

VATICANO APELA À GENEROSIDADE DOS FIÉIS PARA SUPERAR DIFICULDADES FINANCEIRAS














CIDADE DO VATICANO, Santa Sé — O Vaticano lançou um apelo à generosidade dos fiéis, explicando que suas finanças apresentam "dificuldades persistentes".

Reunidos no Vaticano, os cardeais encarregados de controlar as finanças da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano expressaram uma esperança de "leve melhora", apesar de "um quadro geral de dificuldades persistentes" para 2010, informou o Vaticano em comunicado.

Reunidos sob a presidência do número dois do Vaticano, Tarcisio Bertone, os cardeais insistiram na "necessidade pastoral de suscitar uma maior atenção dos fiéis - mais propensos a contribuir para projetos específicos - às estruturas da Igreja que prestam serviços gerais".

Em 2008, o Vaticano, que financia as atividades do Papa e as congregações, teve um déficit de 911.514 euros, contra cerca de nove milhões em 2007. Já o Estado do Vaticano, responsável pela manutenção da cúria, dos museus e dos meios de comunicação da Santa Sé e muito abalado pela crise econômica mundial, fechou 2008 com um déficit de 15 milhões de euros.

As doações das igrejas ao Papa, cuja maior parte é arrecadada nas festas de São Pedro e São Paulo, se elevaram a 75,78 milhões de dólares em 2008, um número um pouco inferior ao total de 2007.

REFRESCANDO A MEMÓRIA

Vaticano pode ser pressionado a revelar o papel no escândalo do ouro nazista

AANews, # 359, 1 de dezembro de 1997

Uma conferência de dois dias será amanhã em Londres para discutir o destino do ouro roubado pelos nazistas na Alemanha, dois "observadores" do Vaticano, podem receber algumas perguntas embaraçosas e provocadoras de historiadores, ativistas de direitos humanos e outros pesquisadores.

Grupos judaicos já solicitou à cidade-estado Católica abrir seus arquivos secretos "para ver se ele (o Vaticano) ajudou na transferência de bens saqueados", segundo o jornal britânico Daily Telegraph.

Durante anos, os pesquisadores têm sabido sobre a cumplicidade do Vaticano com o Estado nacional-socialista, os oficiais da igreja realizaram recentemente a sua própria conferência onde eles exploraram o papel do papado na criação de uma atmosfera anti-semitas na Europa, incluindo países como a Croácia.

Lá, as autoridades católicas trabalharam em estreita colaboração com o regime Nazista e há acusações de que o Vaticano ainda ajudou a esconder o ouro retirado das vítimas do holocausto após a guerra.

Estimou-se que bilhões de dólares, em grande parte na forma de ouro, foi apreendidos a partir de judeus, dissidentes políticos e outras vítimas dos nazistas e enviados para a Suíça.

Após a guerra, a maior parte do ouro desapareceu. Alguns pesquisadores dizem que os suíços e o Vaticano podem ser capazes de fornecer informações sobre como todo esse ouro foi contrabandeado para fora da Europa.

O envolvimento do papado permanece um tema de interesse, é sabido que nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial e, depois, oficiais da Igreja operou a infame "linhagem de ratos Vaticano", que forneceu recursos, esconderijos e novos passaportes para os funcionários e oficiais nazistas da SS, que fugiram para a América Latina Oriente Médio.

Alguns pesquisadores acusaram o Vaticano de colaborar com grupos sombrios exilados, incluindo Odessa e "Spider" para ocultar o paradeiro de criminosos procurados guerra. Um beneficiário da generosidade Vaticano foi Ante Pavelic, fundador da Ressurreição Ustashe "organização que escapou para a América do Sul usando um passaporte Red Cross obtidos com um certificado de comprovante do Vaticano.

Originalmente, o Vaticano se recusou a aceitar um convite para a conferência internacional, mas mudou de idéia depois que o Centro Simon Wiesenthal pediu formalmente a Igreja a abrir seus arquivos e dissipar os rumores sobre o seu papel no escândalo de ouro.

Autoridades do Vaticano deixaram claro, no entanto, que os seus delegados estarão apenas no papel de "observadores", e não se envolverão em qualquer dos debates e discussões formais.

O Vaticano também pode estar sentindo a pressão como o resultado de um relatório inoportuno divulgado pelo Tesouro dos Estados Unidos da América acidentalmente e tornados públicos.

The Telegraph observa que o documento "falou sobre o Vaticano receber e esconder 200 milhões de francos suíços em ouro que o regime nazista tirou de 900.000 vítimas do Holocausto ..."

Observação: Até hoje nada foi resolvido. http://www.rtp.pt/

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

IMAGENS DO INVERNO 2010: FRIO POLAR ATINGE SUL DO BRASIL

Flocos de neve cobrem estrada que leva ao Morro da Igreja, em Urubici, na Serra Catarinense, nesta quarta-feira. O local foi um dos mais afetados pelas baixas temperaturas

Veja fotos da neve em Santa Catarina
Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), pode nevar ainda hoje em cidades altas das serras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, como Lages, Urubici e São Joaquim (SC), e Cambará e Bom Jesus (RS).

Ontem, pelo menos nove cidades registraram neve em Santa Catarina: São Joaquim, Urubici, Urupema, Bom Jardim da Serra, Anita Garibaldi, Urussanga, Orleans, Ponte Alta e Santa Cecília. Também já havia nevado em Vacaria e Gramado, na região serrana do Rio Grande do Sul, durante a madrugada.

EXATAMENTE COMO FOI PREVISTO HÁ CERCA DE 60 ANOS

Site Iraniano usa Charges para negar o holocausto


O lançamento de um site iraniano com charges sobre o Holocausto ganhou na imprensa de Israel. Segundo diversos jornais israelenses, a agência iraniana Fars noticiou nesta quinta-feira o lançamento do www.holocartoons.com .

O endereço reúne desenhos retirados de um livro publicado em 2008, com sátiras e textos que questionam o massacre de seis milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

O site, de acordo com a Fars, é financiado por uma fundação cultural não governamental. A página diz que o massacre de judeus é uma "absoluta mentira" e é dedicada a "todos aqueles que foram mortos sob o pretexto do Holocausto", diz o jornal israelense "Haaretz". O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, nega a ocorrência do massacre, descrito por ele, em 2005, como um "conto de fadas".

Em setembro do mesmo ano, o jornal dinamarquês "Jyllands-Posten" publicou uma série de caricaturas do profeta Maomé, dando início a uma onda de protestos em vários países islâmicos. Na mais polêmica delas, Maomé era retratado com bombas no turbante.

Os protestos contra os desenhos chegaram a causar mais de cem mortos em diferentes países. O autor da charge, o cartunista Kurt Westergaard, de 75 anos, precisou ser colocado sob proteção policial depois que foi descoberto um plano para matá-lo, em 2008.

PARA OS LOUCOS IRANIANOS VAMOS RELEMBRAR UM POUQUINHO DA HISTÓRIA:

É uma questão de História lembrar que, quando o Supremo Comandante das Forças aliadas (Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, etc.), General Dwight D. Eisenhower encontrou as vítimas dos campos de concentração, ordenou que fosse feito o maior número possível de fotos, e fez com que os alemães das cidades vizinhas fossem guiados até aqueles campos e até mesmo enterrassem os mortos.























E o motivo, ele assim explanou:

'Que se tenha o máximo de documentação - façam filmes - gravem testemunhos - porque, em algum ponto ao longo da história, algum idiota se erguerá e dirá que isto nunca aconteceu'.




O Presidente do Irã Mahmoud Ahmadnejad nega o holocausto




'Tudo o que é necessário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam'. (Edmund Burke).

Relembrando:

Esta semana, o Reino Unido removeu o Holocausto dos seus currículos escolares porque 'ofendia' a população muçulmana, que afirma que o Holocausto nunca aconteceu...

Este é um presságio assustador sobre o medo que está atingindo o mundo, e o quão facilmente cada país está se deixando levar.

Para saber mais, procure no google IMAGENS e escreva a frase "holocausto nazista".

Fonte: http://www.apologiajudaica.blogspot.com/

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

ALIMENTOS: O ÚLTIMO SEGREDO EXPOSTO (ALEX JONES)

Desligue o player da radio do blog e assista aos vídeos abaixo:


terça-feira, 3 de agosto de 2010

MARÉ NEGRA NO GOLFO DO MÉXICO É A MAIOR DA HISTÓRIA

Desastre ambiental
No dia em que a BP se prepara tapar de vez o poço de petróleo danificado no Golfo do México, novas estimativas da comunidade científica norte-americana garantem que este não foi só o maior derrame da história dos Estados Unidos, mas o maior de que há registro a nível mundial.

Segundo as últimas estimativas, quase cinco milhões de barris de petróleo, 780 milhões de litros, o que ultrapassa o derrame da plataforma mexicana Ixtoc em 1979, até aqui o maior registado.

"Nunca tivemos um derrame desta magnitude no oceano profundo", diz Ian R. MacDonald, professor de oceanografia da Universidade do Estado da Florida, citado pelo The New York Times. O especialista fala de um acontecimento que ressoa em todo o ecossistema, e garante que os ecos do acidente do passado dia 20 de Abril serão ouvidos até ao final da sua vida.

Hoje a BP, proprietária da plataforma danificada, espera levar a cabo a primeira de duas operações que irão travar o vazamento de petróleo. A estratégia é injetar fluidos de perfuração, o material utilizado para dar estabilidade aos poços.

Além do enorme impacto ambiental, estima-se que o acidente leve a BP a vender 30 mil milhões de dólares em ativos nos próximos 18 meses para fazer face à despesa. Estão também a ser investigadas suspeitas de "Insider trading". O regulador norte-americano do mercado de valores procura apurar se funcionários da BP venderam informação privilegiada a investidores sobre a estratégia no Golfo do México para minimizar as perdas em bolsa provocadas pela maré negra, que chegaram a atingir os 13%.
Por Marta F. Reis