sábado, 27 de fevereiro de 2010

TERREMOTO NO CHILE

Terremoto de 8.8 no chile: Mortos passam de 122 – população de SP sente o tremor – tsunamis ocorrem em países vizinhos.


SÃO OS SINAIS DOS TEMPOS






INVERNO RIGIDO AQUECE DEBATE SOBRE MUDANÇA CLIMÁTICA

AQUECIMENTO OU RESFRIAMENTO GLOBAL?

WASHINGTON - Conforme milhões de pessoas ao longo da Costa Leste se recolhem em suas casas envoltas em neve, os dois lados do debate da mudança climática aproveitam o rígido inverno para reforçar seus argumentos.

Os céticos do aquecimento global usam as nevascas recordes para zombar daqueles que alertam sobre uma perigosa mudança do clima gerada pelos humanos - isso mais parece um esfriamento global, eles dizem.

A maioria dos cientistas de clima responde que as tempestades de neve são consistentes com previsões de que um planeta em aquecimento irá gerar eventos climáticos mais frequentes e mais intensos.

Mas alguns especialistas independentes dizem que os temporais não provam que o planeta está esfriando assim como a falta de neve em Vancouver ou as chuvas no sul da Califórnia não provam que ele está esquentando.

Talvez não seja coincidência que o debate aconteça diante de recentes controvérsias sobre o clima: nos últimos meses, críticos do aquecimento global atacaram um relatório do Painel Intergovernamental para Mudança do Clima da ONU, de 2007, e afirmaram que emails e documentos apreendidos no servidor de um centro de pesquisas sobre o clima na Inglaterra aumentavam as dúvidas sobre a integridade de alguns cientistas da área.

Nessa semana, Rush Limbaugh e outros comentaristas conservadores deram pouca importância ao fato do anúncio da criação de um novo serviço de clima federal feita na segunda-feira ter que ser realizado através de chamada em conferência, ao invés de uma coletiva de imprensa, porque o prédio do governo federal foi fechado pela nevasca.

Mas cientistas do clima dizem que nenhum episódio único de clima severo pode ser culpado por tendências globais, ressaltando a evidência de que tais eventos se tornarão mais frequentes provavelmente por causa da elevação da temperatura global.

Um relatório federal divulgado no ano passado, que pretendia ser uma declaração autoritária sobre as tendências do clima nos Estados Unidos, apontou à probabilidade de nevascas mais frequentes no norte e menos frequente no Sul e Sudeste como resultado de uma mudança nos padrões de temperatura e precipitação a longo prazo.

O relatório também projetou seca mais intensa no Sudoeste e furacões mais potentes na Costa do Golfo. Em outros palavras, se os cientistas do governo estiverem corretos, aguarde mais neve.

Fonte: The New York Times

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

APÓSTOLO PAULO ESQUECEU DE ESCREVER MUITAS COISAS NAS EPÍSTOLAS

Como foram fracos os ensinos de Paulo. Não podemos imitar Paulo em quase nada, pois muito pouco ele nos ensinou e por mais que tentasse, não conseguiríamos imita-lo dado a falta de complemento de seus ensinamentos.

Desligue o player da radio do blog e assista ao video

A GRANDE FRAUDE DO AQUECIMENTO GLOBAL

Essa é velha, o Canal 4 britânico produziu um documentário devastador intitulado "A Grande Fraude do Aquecimento Global". Ele não foi, ao que parece, exibido por nenhuma das redes de televisão nos EUA. Então porque até hoje as redes de televisão continuam a mentir para a população? Não seria isso uma tentativa de desviar a atenção do povo para o problemas das explosões solares em 2012? Não seria melhor avisar a população que o campo magnético da terra está cheio de buracos e que as defesas naturais da terra estão comprometidas?

Desligue o player da radio do blog e assista ao video abaixo:

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

NASA DA SINAIS DE PREOCUPAÇÕES COM O ANO 2012

Desligue o player da radio do blog e assista ao video

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

ELTON JOHN DISSE QUE JESUS CRISTO FOI GAY

Foto de Elton John beijando Will Young

O cantor Elton John referiu-se a Jesus Cristo como “um gay superinteligente” em uma entrevista à revista americana “Parade”.

“Acredito que Jesus era um gay superinteligente, cheio de compaixão, que entendia os problemas da humanidade. Na cruz, ele perdoou as pessoas que o crucificaram. Jesus queria que fôssemos amorosos e clementes. Não sei o que faz com que as pessoas sejam tão cruéis”, contou o cantor.

Na entrevista, Elton John, de 62 anos, disse ainda que não gosta de ser uma celebridade, porque a “fama atrai lunáticos”.

“A princesa Diana, Gianni Versace, John Lennon, Michael Jackson, todos estão mortos. Dois deles foram assassinados na porta de casa. Nada disso teria acontecido se eles não fossem famosos. Eu nunca tive um guarda-costas até a morte de Gianni”, disse ele.

Apocalipse 22:11 diz: ‘’Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda’’.

Elton John - tentou matar-se por asfixia com gás de cozinha, mas seu sócio Bernie Taupin o encontrou há tempo. Os dois compuseram a canção "Someone Saved My Life Tonight" para falar da história.

Ele teve um casamento em 1984 para tentar esconder sua homossexualidade, e em seguida divorciou-se em 1989, depois ele confessou que não é homossexual e sim bissexual. Isto leva a questionar Elton John e seus compromissos humanitários.


SERÁ QUE ELE, ELTON JOHN TEM MORAL PARA FALAR DO FILHO DE DEUS??

Yeshua, (Jesus, o Cristo), é Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem, e nele não se achou mácula nenhuma, nem pecado, e da sua boca jamais saiu palavra enganosa, pois nele habitava e habita o Espírito de Há-Shem, o Eterno Deus de Israel, fonte da nossa salvação.

E é bom o Senhor Elton John saber que Yeshua é pedra de tropeço, rocha de escândalo para todo aquele que não o recebe como Senhor e Salvador, e o próprio Yeshua disse que ficarão de fora do seu reino os cães (todo aquele que conhece a palavra de Deus e não pratica), os idólatras, os feiticeiros, aqueles que consultam os mortos, os efeminados (homossexuais), os adúlteros e por aí afora.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

VEJA: ''O DOGMA DERRETE ANTES DAS GELEIRAS''

O FRIO CONTINUA

Geleiras do Himalaia: as previsões de que derreteriam até 2035 não tinham base científica
Bill Stevenson/Corbis/Latinstock


Quem duvida do aquecimento global é tratado como inimigo da humanidade. Agora, revelações sobre manipulações e fraudes nos relatórios climáticos mostram que os céticos devem ser levados a sério.

Okky de Souza

Nos últimos anos, a discussão sobre o aquecimento global e suas consequências se tornou onipresente entre governos, empresas e cidadãos. É louvável que todos queiram salvar o planeta, mas o debate sobre como fazê-lo chegou ao patamar da irracionalidade. Entre cientistas e ambientalistas, estabeleceu-se uma espécie de fervor fanático e doutrinário pelas conclusões pessimistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), órgão da ONU.

Segundo elas, ou se tomam providências radicais para cortar as emissões de gases do efeito estufa decorrentes da atividade humana, ou o mundo chegará ao fim do século XXI à beira de uma catástrofe. Nos últimos três meses, numa reviravolta espetacular, a doutrina do aquecimento global vem se desmanchando na esteira de uma série de escândalos. Descobriu-se que muitas das pesquisas que dão sustentação aos relatórios emi-tidos pelo IPCC não passam de especulação sem base científica. Pior que isso: os cientistas que conduzem esses estudos manipularam dados para amparar suas conclusões.

O primeiro abalo na doutrina do aquecimento global se deu no fim do ano passado, quando um grupo de hackers capturou e divulgou mais de 1 000 e-mails trocados entre cientistas ligados à Universidade de East Anglia, na Inglaterra, o principal centro mundial de climatologia. As mensagens revelam que cientistas distorceram gráficos para provar que o planeta nunca esteve tão quente nos últimos 1 000 anos. As trocas de e-mails também mostraram que os climatologistas defensores da tese do aquecimento global boicotam os colegas que divergem de suas opiniões, recusando-se a repassar dados das pesquisas que realizam. Os e-mails deixam claro, ainda, que o grupo dos catastrofistas age para tentar impedir que os céticos (como são chamados os cientistas que divergem das teses do IPCC) publiquem seus trabalhos nas revistas científicas mais prestigiadas.

O climatologista inglês Phil Jones, diretor do Centro de Pesquisas Climáticas da Universidade de East Anglia, sumo sacerdote do dogma da mudança climática e responsável pelos e-mails mais comprometedores, protagonizou o episódio mais dramático de reconhecimento de que muito do que divulga o IPCC não passa de má ciência. Em entrevista concedida depois de se tornar público que ele próprio tinha manipulado dados, Jones admitiu que, em dois períodos (1860-1880 e 1910-1940), o mundo viveu um aquecimento global semelhante ao que ocorre agora, sem que se possa culpar a atividade humana por isso. O climatologista reconheceu também que desde 1995 o mundo não experimenta aquecimento algum.

Universidade East Anglia/divulgação

UM TOM ACIMA
O climatologista Phil Jones: admissão pública de manipulação nos relatórios do IPCC

A reputação do IPCC sofreu um abalo tectônico no início do ano, quando se descobriu um erro grosseiro numa das pesquisas que compõem seu último relatório, divulgado em 2007. O texto afirma que as geleiras do Himalaia podem desaparecer até 2035, por causa do aquecimento global. O derretimento teria consequências devastadoras para bilhões de pessoas na Ásia que dependem da água produzida pelo degelo nas montanhas. Os próprios cientistas que compõem o IPCC reconheceram que a previsão não tem o menor fundamento científico e foi elaborada com base em uma especulação. O mais espantoso é que essa bobagem foi tratada como verdade incontestável por três anos, desde a publicação do documento.

Não demorou para que a fraude fosse creditada a interesses pessoais do presidente do IPCC, o climatologista indiano Rajendra Pachauri, cuja renúncia vem sendo pedida com veemência por muitos cientistas. Pachauri é diretor do instituto de pesquisas Teri, de Nova Délhi, agraciado pela Fundação Carnegie, dos Estados Unidos, com um fundo de meio milhão de dólares destinado a realizar pesquisas… nas geleiras do Himalaia. A mentira sobre o Himalaia já havia sido denunciada por um estudo encomendado pelo Ministério do Ambiente da Índia, mas o documento foi desqualificado por Pachauri como sendo “ciência de vodu”. Os relatórios do IPCC são elaborados por 3 000 cientistas de todo o mundo e, por enquanto, formam o melhor conjunto de informações disponível para estudar os fenômenos climáticos. O erro está em considerá-lo infalível e, o que é pior, transformar suas conclusões em dogmas.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

PHIL JONES, LIDER DA TEORIA DO AQUECIMENTO GLOBAL ADMITIU TER MENTIDO À BBC

Professor Phil Jones, o líder da teoria do aquecimento global admitiu ter mentido
em entrevista à BBC

Esta mentira parece estar finalmente terminando. Phil Jones, diretor científico da teoria do aquecimento global causado por humanos, admitiu à BBC que “perdeu muitos dos documentos para justificar sua teoria”, que na época medieval poderia ter sido mais quente do que agora, e desde 1995 não aumentaram significativamente a temperatura do planeta.
Prof. Phil Jones admitiu que a sua manutenção de registos “não é tão boa como deveria ser”

O acadêmico no centro do “caso Climategate”, cujos dados brutos é fundamental para a teoria das alterações climáticas, admitiu que tem dificuldade em “manter controle” da informação.

Colegas dizem que a razão pela qual o professor Phil Jones se recusou a liberdade de pedidos de informação é que ele pode realmente ter perdido os documentos pertinentes.

Professor Jones disse ontem à BBC que houve verdade nas observações dos colegas que lhe faltava capacidade de organização, que seu escritório foi inundado com pilhas de papel e que a sua manutenção de registos “não é tão boa como deveria ser.

Os dados são cruciais para o gráfico famoso “hockey stick” utilizado pelos defensores das alterações climáticas para apoiar a teoria.

Professor Jones também admitiu a possibilidade de que o mundo era mais quente na época medieval do que agora – sugerindo que o aquecimento global PODE NÃO SER UM FENÔMENO DO HOMEM.

E ele disse que nos últimos 15 ANOS NÃO tem havido aquecimento “estatisticamente significativa”.
As admissões serão apreendidos pela cépticos como novos elementos de prova que há falhas graves no coração da ciência da mudança climática e da ortodoxia, que as recentes subidas de temperatura em grande parte pelo homem.

Professor Jones foi o centro das atenções desde que ele deixou o cargo de diretor da Universidade de East Anglia, Unidade de Pesquisa Climática após o vazamento de e-mails que afirmam cientistas mostram cépticos estavam manipulando dados.

Os dados brutos, coletados a partir de centenas de estações meteorológicas em todo o mundo e analisados por sua unidade, tem sido usado há anos para apoiar os esforços por Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudança do Clima para pressionar os governos para reduzir as emissões de dióxido de carbono.

Fonte: Dailymail (Jornal Britânico)
Crédito: http://www.rafapal.com/?p=4142
fonte: www.provafinal2012.blogspot.com
fonte: www.fimdostempos.net

MEU LADO BURRO

HUMOR

Hoje o meu lado burro me fêz uma pergunta:

Se Deus não fêz o homem como dizem alguns, Aliás Darwin garante que o homem é a evolução dos macacos,

PORQUE AINDA EXISTEM MACACOS?



quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ADMINISTRAÇÃO OBAMA ENVIA ORDENS AO BANCO MUNDIAL PARA MANTER SITUAÇÃO DE POBREZA DO TERCEIRO MUNDO

Sob a justificativa comprovadamente fraudulenta e completamente corrompida do combate ao aquecimento global, a administração de Obama ordenou o Banco Mundial para manter “em desenvolvimento” os países subdesenvolvidos, bloqueando-os de construção para exploração de carvão, usinas de energia, garantindo que os países mais pobres continuem na pobreza para que suas demandas de energia não sejam atingidos.

Mesmo em meio a revelações explosivas das Nações Unidas, emissão de relatórios do IPCC sobre as geleiras do Himalaia e da floresta amazônica repleta de dados incorretos, o governo tem “intensificado a pressão sobre o Banco Mundial não para financiar o carvão, usinas de energia nos países em desenvolvimento”, relata o Times of India.

A ordem foi feito por Diretor Executivo Americano do Banco Mundial Whitney Debevoise, que representa os Estados Unidos, ao considerar todos os empréstimos, investimentos, estratégias de assistência aos países, os orçamentos, auditorias e planos de negócios das entidades do Grupo Banco Mundial.

Ao evitar as nações pobres de se tornar auto-suficientes, bloqueando-as de produzir sua própria energia, a administração de Obama quer garantir que milhões mais morrerão de fome e falta de acesso a hospitais e tratamentos médicos.

Não só estrangulando o fornecimento de energia aos países mais pobres impedindo-os na distribuição de alimentos adequados e levando mais fome, mas os hospitais e postos de saúde no terceiro mundo são mal capazes de funcionar como um resultado do Banco Mundial e outros organismos mundiais, ordenando-lhes em serem dependentes de fontes de energia renováveis, que são totalmente insuficientes.

“Há alguém interessado em matar o sonho Africano. E o sonho Africano está se desenvolvendo “, disse o escritor e economista James Shikwati. “Eu não vejo como um painel solar vai ajudar uma indústria siderúrgica … Estamos dizendo para ‘Não tocar nos seus recursos. Não toque em seu óleo. Não toque em seu carvão. “Isso é suicídio.”

Os rótulos desse programa dão a idéia de restringir as pessoas mais pobres do mundo para fontes alternativas de energia como “o aspecto mais moralmente repugnante da campanha do aquecimento global”.

Como já anteriormente foi referido, a implementação de políticas decorrentes do fraudulento medo exagerado e tendenciosos estudos sobre o aquecimento global já estão devastando o terceiro mundo, com uma duplicação dos preços dos alimentos provocando fome em massa e morte.

As pessoas pobres em todo o mundo, “estão sendo mortas em grande número pela fome como resultado das (alterações climáticas) políticas”, disse o cético Senhor Monckton no Alex Jones Show no mês passado, devido às grandes áreas de terras agrícolas que estão sendo entregues ao crescimento dos biocombustíveis.

“Veja o Haiti, onde vivem na lama, torta com lama real custa 3 centavos cada…. Que é o que estamos vivendo, ou melhor, eles estão morrendo”, disse Monckton, relatando quando ele deu uma palestra sobre este assunto, uma senhora na fila da frente estourou em lágrimas e disse: “Acabei de voltar do Haiti – agora por causa da duplicação dos preços dos alimentos no mundo, eles não podem sequer pagar o preço de uma torta de lama e eles estão morrendo de fome em todo lugar”. Fonte: fim dos tempos.net

O GRIFO É MEU: ''Na prática o programa de créditos de carbono é uma farsa, na realidade os países emissores de poluentes pagam aos paises pobres para não se desenvolverem, ou seja, eles obrigam os paises pobres a manterem grandes áreas verdes para produção de oxigenio, enquanto eles, os grandes continuam suas emissões de sujeira na atmosfera, tudo é uma grande e incompreensível farsa.'' (Obama é mais protecionista e perigoso do que o Bush)



terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

domingo, 14 de fevereiro de 2010

UNIVERSIDADE HEBRAICA DE JERUSALÉM VAI DAR A LULA O TITULO DE DOUTOR HONORIS CAUSA

ISRAEL PERDEU O JUIZO!
Serão os sinais dos tempos?
A Universidade Hebraica de Jerusalém vai dar a Lula, dia 16 de março, em Israel, o título de doutor honoris causa.









O que é duro de entender é que o Lula apóia o Irã que tem um presidente Terrorista, ditador e que nega o Holocausto que matou milhões de judeus.


Não entendo + nada !!!


Mahmoud Ahmadinejad
''El loco''




GRIPE SUINA, VACINAÇÃO E EVIDÊNCIAS DE FRAUDE



















O GOVERNO BRASILEIRO INICIARÁ A VACINAÇÃO EM MASSA DA POPULAÇÃO ENTRE FEVEREIRO E ABRIL DE 2010, A VOCÊ QUE IRÁ TOMAR A VACINA, DESLIGUE O PLAYER DA RADIO DO BLOG E CLIQUE NO LINK ABAIXO E ASSISTA AO VÍDEO:

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

MOSSAD ISRAELENSE ABATE AVIÃO CHEMTRAIL QUE ESTARIA PULVERIZANDO OS CÉUS COM VIRUS DA GRIPE SUINA

O alvo do avião seria uma base secreta de Israel em Kyrgystan na Ásia Central onde Israel está traduzinho o Epic of Manas um antigo documento muito interessante e ao que parece não é de interesse da elite global.

Desligue o player da radio do blog e assista ao video

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

2012 - JESSE VENTURA, EX-GOVERNADOR DO ESTADO DO MINESSOTA DENUNCIA QUE ELITE GLOBAL ESTÁ CONSTRUINDO ABRIGOS

Desligue o player da radio do blog e assista ao video:




ACONTECIMENTOS MUNDIAIS INTRIGANTES:

Noruega inaugura "cofre" global de sementes no Ártico 26/02/2008 - 08h35

LETÍCIA FONSECA-SOURANDER

Colaboração para a Folha de S.Paulo, em Bruxelas

Bem perto do pólo Norte, uma montanha gelada guarda o tesouro genético do planeta. Trata-se do projeto mais ousado de preservação da vida vegetal, inaugurado nesta terça-feira no arquipélago norueguês de Svalbard.

O objetivo é conservar até 4,5 milhões de amostras de sementes e 2 bilhões de sementes de todas as espécies cultivadas pelo ser humano. Esse patrimônio, mantido em segurança máxima, estará protegido de catástrofes naturais e até mesmo de guerras nucleares.

É o último refúgio das lavouras do mundo", diz Cary Fowler, diretor da Global Crop Diversity Trust, organização, criada pela FAO (órgão das Nações Unidas para agricultura), que coordena o projeto juntamente com a Noruega.

As primeiras amostras de sementes serão colocadas nesta terça-feira no Banco Internacional de Sementes de Svalbard, durante a cerimônia de inauguração, pelo premiê norueguês, Jens Stoltenberg, e pela ambientalista queniana e Prêmio Nobel da Paz, Wangari Maathai. O projeto já recebeu cerca de 100 milhões de sementes doadas por cem países.

O Brasil deve enviar em breve a sua contribuição, por meio do do Cenargen (Centro Nacional de Recursos Genéticos), da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

"A Noruega está orgulhosa por ter um papel central ao proteger não apenas sementes mas os alicerces da civilização humana", disse Stoltenberg.

A escolha de abrigar o bunker ecológico nesse remoto arquipélago acima do círculo polar Ártico não foi por acaso. Além de ter clima e geologia ideais, Svalbard é distante o bastante para manter em segurança a herança genética vegetal.

A nova Arca de Noé fica escondida no final de um túnel de 120 metros, escavado em rochas geladas a 70 metros de profundidade e será mantida a -18ºC. Essa caverna de alta tecnologia, construída nos últimos 11 meses numa montanha de Longyearbyen --uma das cidades do arquipélago--, é equipada com portas de aço blindadas, câmeras e detectores de movimentos e será monitorada remotamente da Suécia.

As mudanças climáticas foram inicialmente o que impulsionou o projeto, mas não foram o único motivo. Nos últimos anos, mais de 40 países tiveram os seus bancos de sementes destruídos: em guerras como no Iraque e no Afeganistão, ou em inundações e outros desastres ecológicos, como o recente tufão nas Filipinas.

Transgênico não entra

A construção do Banco Internacional de Sementes de Svalbard custou US$ 9 milhões à Noruega. O local do banco resiste a atividades vulcânicas, sísmicas e ao aumento do nível do mar. A área tem baixo nível de radiação, fundamental para a manutenção do DNA das plantas. No frio em que será mantido o banco, sementes de trigo, cevada e ervilha podem sobreviver mais de 10 mil anos.

Elas só poderão ser usadas, porém, quando as cópias originais forem perdidas. De acordo com estatísticas da FAO, no último século, 75% da diversidade genética de centenas de milhares de espécies de plantas desapareceu. Dos 7.000 tipos de plantas já cultivadas pelos seres humanos, só 150 espécies estão no cardápio hoje.

Quando for a hora de fechar as portas, a arca de Svalbard entrará em hibernação, como os ursos-polares que habitam o arquipélago. E a biodiversidade agrícola mundial vai estar sã e salva nas entranhas geladas do extremo norte.

O grifo é meu: ’’Será que estão escondendo alguma coisa de nós pobres mortais?’’

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

SERÁ QUE NÃO É O CUMPRIMENTO DE APOCALIPSE 20:9 ???????




















Fissura no Campo Magnético da Terra
''O alerta foi dado em 2007''
Descoberta a ocorrência de uma gigantesca fissura no campo magnético da Terra ocasionada pelo vento solar.

As cinco sondas espaciais Themis da NASA descobriram uma rachadura no campo magnético da Terra que é dez vezes maior do que se pensava. O vento solar pode fluir através desta abertura, e a "carga" aciona a magnetosfera com poderosas tempestades geomagnéticas. No entanto, a fissura em si não é a maior surpresa. Os cientistas estão ainda mais espantados com o estranho e inesperado modo como foi formada, dando terreno para idéias sobre a física espacial, que diferem das idéias até então arraigadas na comunidade científica. "No começo, não acreditei no que vi", disse o cientista David Sibeck do projeto Themis, do Goddard Space Flight Center. “Este achado modifica radicalmente a nossa compreensão das interações que ocorrem entre o vento solar e da magnetosfera terrestre.”

A magnetosfera é uma espécie de “bolha magnética” em torno da Terra e nos protege do vento solar. A exploração desta bolha é um dos principais objetivos da missão Themis, que foi lançada em Fevereiro de 2007. A descoberta foi em 3 de junho de 2007, quando as cinco sondas acidentalmente passaram pela fissura. Sensores localizados nas sondas mostraram um grande fluxo de partículas de vento solar entrando pela magnetosfera, este é um acontecimento inesperado em magnitude e importância. "A abertura era enorme, quatro vezes maior do que a Terra", disse o físico espacial Li Wenhui, da Universidade de New Hampshire, que analisou os dados tabulados. Jimmy Raeder, uma colega de Li, e New Hampshire, disse, "1027 partículas por segundo fluem para a magnetosfera. Este tipo de influência é uma ordem de grandeza acima do que julgávamos ser possível." O evento começou sem qualquer aviso, quando uma enorme rajada de vento solar precipitou um enorme campo magnético do Sol sobre a Terra. Como um polvo com tentáculos enroscados num caramujo, os campos magnéticos solares são distribuídos em torno da magnetosfera e causam a fissura. A falha ocorreu através de um processo conhecido como reconexão magnética ". Bem acima dos pólos da Terra, os campos magnéticos do Sol e da Terra se acoplaram (reconectaram) formaram condutos para o fluxo de vento solar, as linhas de fluxo magnético sobre o Ártico e a Antártica aumentaram rapidamente no Equador, e em alguns minutos cobriram a Terra, criando assim a maior fissura magnética observada por uma sonda espacial em órbita.


















O tamanho da “rachadura” surpreendeu os pesquisadores, tanto que não acreditavam no que viam. "Vimos coisas como esta antes", disse Raeder, "mas nunca em tão larga escala. Cada parte do lado diurno da magnetosfera foi literalmente aberta ao vento solar." As circunstâncias eram ainda mais surpreendentes, pois os físicos espaciais há muito tempo estavam convencidos de que os buracos na magnetosfera da Terra são criados apenas em resposta ao campo magnético solar que aponta para o sul. No entanto, a grande fenda criada em junho de 2007 ocorreu em resposta a um campo magnético solar que aponta para o norte.

"Para alguém inexperiente, isto pode soar como algo simples, mas para um físico espacial, as observações são de ordem sísmica", disse Sibeck. "Quando falo isso para os meus colegas, a maioria reage com ceticismo, como se estivesse tentando convencê-los que o Sol nasce pelo Ocidente."

“É por isso que não acredito que a pressão do vento solar sobre a magnetosfera da Terra atue quase diretamente acima do equador, onde o campo magnético do nosso planeta aponta para o Norte. Suponha então que um pacote de magnetismo solar é precipitado, e também aponta em direção ao Norte. Os dois campos devem forçar-se mutuamente, o esforço das defesas do campo magnético da Terra e fechariam a porta do vento solar

Na linguagem da física do espaço, um campo magnético solar que aponta para o Norte se conhece como "IMF do Norte" —Northern Interplanetary Magnetic Field, o Campo Magnético Interplanetário do Norte é sinônimo de escudos para cima. Portanto, imagine a nossa surpresa quando, chegou uma IMF do Norte, os escudos da Terra, ao invés de subir, baixaram!", disse Sibeck.

"Isso altera de alguma forma a nossa compreensão das coisas." Na verdade os "IMF Norte" realmente não acionam tempestades geomagnéticas, disse Raeder, mas definem a fase das tempestades através da saturação da magnetosfera com plasma. Uma carga na magnetosfera promove auroras, interrupções e outras falhas elétricas que podem ocorrer quando, por exemplo, um CME (Coronal Mass Ejection) chega à Terra.

Os próximos anos podem ser particularmente agitados. Raeder disse: “Estamos entrando no Ciclo Solar 24. Por razões não totalmente compreendidas, as CME’s tendem a ocorrer em maior número e intensidade em ciclos solares com numeração par (como 24), e tendem a atingir a Terra com com o seus campos magnéticos polarizados para o Norte. As CME’s deste ciclo provavelmente carregarão a magnetosfera com plasma imediatamente antes das tempestades ocorrerem.”

“Este é o roteiro perfeito para um grande evento, isto poderia resultar em tempestades geomagnéticas mais fortes do que vimos durante muitos anos” nos diz Siebeck.

O grifo é meu: '' Vale a pena lembrar que o campo magnético da terra é que nos protege contra as explosões solares, e se existe mesmo tal buraco no campo magnético em época de explosões solares, será necessário fazer alguma coisa com urgência senão o planeta será frito, literalmente.''

sábado, 6 de fevereiro de 2010

2012 PARECE QUE SERÁ UM ANO REALMENTE COMPLICADO

Atividade solar pode interferir com comunicações na Terra até 2012, dizem cientistas

Segundo pesquisadores, fenômeno aparece após três anos com a mais baixa atividade solar em quase um século.

A atividade na superfície do Sol vem se intensificando e poderá provocar interferências nas redes de comunicação da Terra nos próximos dois anos, segundo adverte um grupo de cientistas em antecipação ao lançamento de um novo observatório solar da Nasa, a agência espacial americana.

Novas fotos feitas por telescópios espaciais mostram um aumento significativo das chamadas labaredas solares e de regiões de poderosos campos magnéticos conhecidos como pontos solares após um período com a mais baixa atividade solar em quase um século.

A atividade solar intensa pode prejudicar o campo de proteção magnética da Terra, provocando sérios problemas nos sistemas de comunicação e até mesmo nos sistemas de distribuição de energia elétrica.
Segundo os cientistas, o pico da atividade solar poderá ocorrer em meados de 2012, elevando o risco de problemas com transmissões de televisão e redes de internet e o risco de apagões durante os Jogos Olímpicos de Londres.

“Nos últimos três anos, a superfície do Sol havia se acalmado bastante por um tempo. A cada 11 anos as labaredas reaparecem, e de repente vemos a retomada dessa atividade”, afirma a astrônoma Heather Couper, ex-presidente da Associação Britânica de Astronomia.

“O Sol é uma grande massa magnética, e se há qualquer interrupção nos campos magnéticos, o Sol fica meio maluco, então temos essas incríveis explosões e labaredas e coisas que provocam fenômenos como as auroras boreais”, explica Couper.

“Quando o Sol tem uma labareda, isso pode realmente afetar as conexões elétricas no nosso planeta. Isso já provocou até mesmo no passado a interrupção dos negócios nas bolsas de valores de Tóquio e no Canadá”, diz a astrônoma.

Sem explicações

Apesar de os cientistas conhecerem bem as consequências do aumento da atividade solar, eles ainda não têm muitas explicações para a origem do fenômeno, muito menos condições de prever sua ocorrência.

Os pesquisadores esperam que o lançamento do Observatório de Dinâmica Solar da Nasa, nesta semana, os ajude a coletar dados que os ajudem a dar avisos antecipados da ocorrência de labaredas solares e de tormentas magnéticas.

Segundo eles, as consequências podem ser minimizadas com o desligamento de circuitos eletrônicos sensíveis antes das tormentas magnéticas, reduzindo o risco de danos a satélites de transmissão.

A sonda da Nasa, que deverá ser lançada no sábado, ficará na órbita da Terra por cinco anos para investigar as causas da atividade solar intensa. Fonte: fimdostempos.net


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

HAARP, A ORIGEM DA MÁQUINA DE TERREMOTOS

Uma Visão da Tecnologia do Armamento Escalar e as Profecias Bíblicas
Publico a seguir um trecho editado por mim do artigo de Thierry Meyssan, editor da Voltaire.net (o texto completo pode ser acessado neste endereço). Ele conta como a idéia começou a tomar forma nos anos 40 e como um projeto de máquina de provocar terremotos migrou da antiga URSS, transformada na Rússia de Boris Yeltsin, para as Forças Armadas americanas, quando foi integrada ao projeto HAARP. Thierry discute, no link em inglês, a possibilidade de o terremoto do Haiti ter sido provocado por essa arma.

Essa é uma tragédia do nosso tempo, que clama por um julgamento internacional dos responsáveis por crimes contra a humanidade. Na seqüência, um reforço esclarecedor: um relatório feito por intelectuais contratados pelo Departamento de Estado projetando o uso de armas climáticas para 2025. Publicamos a introdução, com o link equivalente. É uma avalanche de informações difundidas pelo Diário da Fonte, graças a pesquisa de Ida Duclós (mais informações em @BrazilTour, do Twitter).

Com os EUA envolvidos na guerra no Oriente Médio, a realidade chocante é que suas forças militares não possuem as armas mais poderosas no mundo hoje. Os russos dominaram a tecnologia das armas escalares mais de vinte anos atrás e já alcançaram uma clara vantagem estratégica sobre o Ocidente. Assim, a questão é: Por que eles ainda não impuseram sua supremacia militar se suas forças armadas têm a capacidade inquestionável de tomar o controle do mundo?

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado? Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na

“THE CUTTING EDGE”

O Armamento Escalar

O armamento escalar são ondas eletromagnéticas emitidas por meio de antenas de rádio construídas de uma forma especial. Embora os EUA tenham construído antenas HAARP quase uma década atrás, essa tecnologia é evidentemente inferior à tecnologia russa e pode representar um gigantesco esforço para “alcançar” o armamento russo.

Algumas Aplicações da Tecnologia dos Armamentos Escalares

Os transmissores russos podem carregar componentes escalares que, além dos ataques biológicos, podem ser usados para muitos outros propósitos, tais como:

1. Influenciar ou controlar o clima.

2. Fazer desviar as gigantescas correntes atmosféricas das camadas superiores da atmosfera.

3. Detectar, rastrear e destruir os mísseis logo após o lançamento deles.

4. Detectar, rastrear e destruir os bombardeiros estratégicos e outros aviões.

5. Atacar alvos de superfície terrestres e nos oceanos com grandes explosões eletromagnéticas aéreas: a explosão eletromagnética produz a bola de fogo, os efeitos térmicos e a onda da explosão de uma explosão nuclear, mas sem a radiação nuclear e a contaminação radioativa decorrentes. Nota: Esse armamento escalar também produz a distintiva nuvem em forma de cogumelo que normalmente está associada somente com as armas nucleares. Portanto, as ‘colunas de fumaça’ citadas em Joel 2:30 podem ser produzidas por armas escalares, e não nucleares!

6. Ataques na superfície terrestre e dos oceanos por grandes ‘explosões frias’ em que os seres vivos congelam quase instantaneamente, deixando as instalações e os equipamentos intactos. Nota: Discutiremos esse assunto em um artigo posterior, pois nem o tempo nem o espaço nos permitem abordar esse assunto aqui.

7. Atacar alvos de superfície terrestre e nos oceanos por meio de várias perturbações eletromagnéticas severas, para que todos os equipamentos eletrônicos entrem em pane. Nota: O armamento escalar pode destruir os sistemas eletromagnéticos mesmo se eles tiverem sido ‘robustecidos’!

8. Atacar o pessoal em terra e no mar por meio da destruição direta de seus sistemas nervosos com uma forte energia eletromagnética induzida internamente.

9. Prejudicar o funcionamento de instalações distantes, dos equipamentos, ou do pessoal, ou destruir as plantações em grandes áreas por meio de frio intenso ou calor excessivo, e até mesmo provocar uma surpreendente oscilação entre os dois.

10. Causar terremotos distantes em uma zona de falha distante depositando energia nas rochas ali, fazendo aumentar a tensão (estresse) nas placas até que ocorra uma movimentação na zona de falha. Nota: O autor de Nova Era Bill Cooper observa que, durante o período de tempo de pânico planejado, a cidade de Los Angeles será atingida por um terremoto devastador de 9 graus. Agora, pelo menos sabemos de onde virá esse terremoto!

11. Causar grandes e anômalas movimentações das placas tectônicas de uma grande área, depositando e extraindo energia de áreas alternadas, causando uma deformação na grande placa rochosa. Nota: Albert Einstein observou que todo o continente norte-americano poderia ser deformado, fazendo-o submergir nos oceanos, usando-se dispositivos nucleares posicionados nas linhas de falha corretas em todo o continente.

12. Criar uma grade de interferência na água para que os submarinos submersos possam ser detectados, rastreados e destruídos, antes que seus mísseis sejam disparados. Nota: Isso significa que todos os sofisticados e caros submarinos serão totalmente neutralizados! Lembre-se, a razão por que os EUA aumentaram drasticamente sua dependência dos submarinos foi por que eles eram indetectáveis!

13. Atacar navios e forças-tarefa pela água, atravessando seus cascos, sem aviso.

14. Atacar silos de mísseis e sítios de armazéns nucleares ‘antes do lançamento’, diretamente pela própria terra.

15. Iniciar a explosão nuclear completa de ogivas nucleares do tipo implosão a bordo dos mísseis nas estações de batalha.

16. Iniciar a explosão nuclear completa de ogivas do tipo implosão em sítios de armazenamento e em reserva pronta.

17. Destruir minas marítimas e sensores submersos, incluindo até ‘campos’ inteiros.

18. Detectar e destruir torpedos hostis, mísseis antinavios e anti-submarinos e munições e cargas anti-submarinos lançadas. Nota: Essas capacidades nos números 15-18 significam que os armamentos escalares podem quase instantânea e simultaneamente explodir todas as ogivas nucleares e convencionais no arsenal americano em todo o mundo. Em um momento, no piscar dos olhos, os EUA poderão se tornar impotentes.

19. Interferir no aterramento elétrico de sistemas de geração e de distribuição de energia elétrica distantes para que o sistema falhe de forma catastrófica.

20. Interferir no aterramento elétrico de sistemas de produção de energia elétrica distantes para que os transmissores de rádio e de televisão, as redes de energia, e as fiações complexas em edifícios e instalações irradiem um componente de onda escalar, ou um sinal complexo desejado, nos equipamentos e nas pessoas.

O Reino de Caos e Guerras de Satanás

Portanto, os eventos que estamos vendo hoje são um roteiro encenado, e os líderes atuais estão seguindo suas linhas prescritas. O objetivo de todos os principais líderes atuais é armar o cenário para que as dores finais do parto que darão à luz ao Anticristo possam ser induzidas. Entretanto, uma vez que o Anticristo aparecer na Terra, a profecia bíblica muda abruptamente e a guerra será deflagrada. Veja:

“Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres. Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas.” [Daniel 7:7-8].

Observe os seguintes três eventos ocorrerem em seqüência:

1. Daniel vê o mundo ser reorganizado em dez supernações — Nota: O mundo foi reorganizado em dez nações de 1992 a 1996. [Leia os artigos CE1043 e N1783].

2. O Anticristo aparece.

3. Subitamente, três das dez supernações são totalmente destruídas.

A Bíblia ensina que, enquanto Deus é um Deus de controle e de estabilidade, o reino de Satanás é de caos, guerras, assassinatos, ódios e terríveis lutas internas. Há um ditado que exemplifica isso perfeitamente: “Não existe honra entre ladrões.” Em outras palavras, uma quadrilha pode elaborar um plano e cooperar na realização de um crime, mas uma vez que o crime seja realizado, e o produto do roubo esteja em suas mãos, os mesmos ladrões são capazes de apunhalar uns aos outros pelas costas, de modo a se apoderarem de todo o saque.

Esse é o mesmo cenário que está diante dos EUA, que contemplam ir à guerra contra o Iraque. Os principais líderes mundiais estão sendo forçados pela profecia bíblica a cooperarem agora de modo a alcançar o mesmo objetivo, isto é, o aparecimento do Anticristo. Entretanto, uma vez que o Anticristo estiver na cena internacional, apresentando-se como o Messias de todas as religiões do mundo, toda a cooperação terminará. As lutas internas começarão. Estou convencido que essas lutas internas iniciarão quando o Segundo Selo for aberto, conforme descrito em Apocalipse 6:3-4:

“E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem, e vê. E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.”

Uma Terceira Guerra Mundial está planejada — e pode estar bem diante de nós — para cumprir a profecia bíblica das “dores de parto” de Mateus 24:8. O Anticristo sairá caminhando do meio da poeira, da fumaça e da destruição dessa guerra. Quando você vir o Anticristo na cena internacional, saiba que o Primeiro Selo de Apocalipse 6:1-2 acaba de ser aberto. Além disso, saiba que foi a cooperação entre os líderes mundiais que permitiu que ele aparecesse.

Agora, lutas internas irromperão, à medida que a Rússia e China tentarem obter a supremacia mundial.

Matéria interessante da Fonte: http://www.fimdotempos.net/ , eu apenas fiz alguns arranjos.