sábado, 12 de junho de 2010

ISRAEL EXAGEROU NA MEDIDA

Desligue o player da radio do blog e assista ao video:

Israeli Attack on the Mavi Marmara, May 31st 2010 // 15 min. from Cultures of Resistance on Vimeo.


A cineasta brasileira Iara Lee divulgou na quinta-feira passada parte das imagens feitas a bordo de um dos navios atacados por Israel no dia 31 de maio, em uma operação que deixou nove mortos e gerou uma onda de críticas internacionais. Lee teve que esconder as gravações, já que o governo de Israel tentou confiscar todas as imagens do ataque.

No site da ONG Cultures of Resistance, Lee divulgou 15 minutos das gravações, sem edição, dos momentos anteriores ao ataque de Israel. Na madrugada de 31 de maio, cerca de 700 ativistas tentaram furar o bloqueio imposto por Israel à faixa de Gaza para levar cerca de 10 mil toneladas de ajuda humanitária, quando foram atacados por militares israelenses em águas internacionais. Pelo menos nove ativistas foram mortos na operação.

O grifo é meu: ''O certo é que ninguém pode passar por cima da soberania de Israel, mas a atitude foi errada por ter acontecido em águas internacionais, e sem contar que submeter o povo da Palestina a guetos também não está certo. Por outro lado o povo da faixa de Gaza não são santinhos pois dão guarida  a terroristas que atacam Israel com foguetes disparados nas  fronteiras de Gaza com Israel. O problema lá é o Hamas que é o câncer da Palestina''.

Nenhum comentário:

Postar um comentário