quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

AQUECIMENTO GLOBAL? ESTÁ COM FORÇA TOTAL NO HEMISFÉRIO NORTE

Neve segue causando transtornos em aeroportos e escolas do Reino Unido


LONDRES - Vários aeroportos britânicos seguem com atividades comprometidas nesta quinta-feira pelas nevascas que castigam a Europa, o que obrigou o cancelamento de voos e o fechamento de mais de duas mil escolas em várias zonas do país.

companhia aérea de baixo custo Easyjet informou hoje que foi obrigada a cancelar aproximadamente setenta voos com destino ou partida do aeroporto londrino de Gatwick, que opera esta manhã com normalidade, mas com muitos atrasos.

A companhia British Airways indicou que também teve que cancelar voos e alguns sofrem atrasos nos aeroportos de Gatwick e Heathrow, também em Londres.

Os aeroportos de Southampton, Birmingham, Stansted, Cardiff e Luton reabriram hoje após terem ficado fechados ontem pela intensa nevasca que caiu, mas pediram aos passageiros que entrem em contato com suas companhias aéreas antes de chegar aos terminais.

Mais de 2.000 escolas permanecem hoje fechadas em várias zonas do país, como a Escócia, Gales e o sudeste da Inglaterra.






Amsterdã






As temperaturas chegaram a descer até 13 graus abaixo de zero em Manchester (norte da Inglaterra), seis graus abaixo de zero em Glasgow (Escócia) e três abaixo de zero em Londres, segundo informou o serviço meteorológico do país.

A onda de frio afeta praticamente toda a Europa. "O vento que vem da Sibéria fica bastante seco e frio ao passar pela Europa. Mas, quando cruza o Mar do Norte e recolhe a umidade, descarrega toda a neve sobre o Reino Unido", explicou um porta-voz dos serviços meteorológicos.






Alemanha







Na Noruega, a temperatura chegou a -41 graus centígrados noite de terça-feira em Roeros, uma cidade mineira do centro do país. O frio também causou problemas nos transportes.

Graças à onda de frio, nesta quarta-feira a Holanda inaugurou sem problemas a temporada de patinação em gelo natural num lago de Utrecht (centro), onde a camada de gelo alcançou os 12 centímetros.















Na França e na Hungria, a neve e o gelo dificultaram a circulação em algumas regiões sem que se registrassem problemas maiores, mas os serviços meteorológicos anunciam mais neve nas próximas horas.

Também na Alemanha, paralisada há dias por temperaturas abaixo de zero, são esperadas fortes nevascas a partir de sexta-feira.

O grifo é meu: E o aquecimento global, como é que fica??

Nenhum comentário:

Postar um comentário