sábado, 12 de dezembro de 2009

ISTO NÃO SERIA O INÍCIO DA FORMAÇÃO DE UM BURACO NEGRO?





































Não é montagem: foto mostra o fenômeno na Noruega - Reprodução/Daily Mail

Desligue o Player da rádio do blog e assista ao vídeo abaixo:




Uma estranha luz em forma de espiral apareceu no céu do norte da Noruega na última terça-feira (8), deixando milhares de moradores das cidades de Trøndelag e Finnmark atônitos. Testemunhas compararam o fenômeno com coisas como foguetes russos, meteoros e ondas de choque - mas, até o momento, ninguém sequer mencionou a possibilidade de ser um OVNI (objeto voador não-identificado).

O fenômeno começou com uma luz azulada que parecia sair por trás de uma montanha. No entanto, parou um pouco acima da linha do horizonte e começou a circular. Alguns segundos depois, a espiral gigante cobria o céu inteiro. Então, um raio verde-azulado saiu do centro do objeto, durando entre 10 a 20 minutos antes de desaparecer completamente. Um vídeo postado no YouTube mostra vários ângulos fenômeno, enquanto outro, um pouco melhor, exibe o raio verde-azulado saindo do centro da espiral.

O instituto metereológico norueguês teve as linhas telefônicas congestionadas com tantas ligações após a tempestade de luz. De acordo com o site Daily Mail, astrônomos disseram que o fenômeno “não parecia estar conectado com a aurora boreal, tão comum nessa área do mundo”.

Fred Hansen, um dos moradores locais, descreveu o acontecido como “uma grande bola de fogo que ficou dando voltas, com uma grande luz dando voltas novamente”. Já Axel Rose Berg, de Alta, afirmou que era “como uma espiral gigante - uma estrela candente que girava e girava”, dizendo que pensava se tratar de uma projeção à princípio.

O astrônomo norueguês Knut Jørgen Røed Ødegaard disse ao VG Nett que nunca viu algo parecido. “Pensei primeiro que fosse um meteoro em forma de bola de fogo, mas demorou por tempo demais”, disse. “Pode ter sido um míssil na Rússia, mas não posso garantir que seja a resposta”. O controle aéreo do local disse que o fenômeno durou por dois minutos, mas admitiu que era “demorado demais para ser um fenômeno astronômico”. Fonte: Band

O grifo é meu: ‘’Isto não seria o resultado dos testes do acelerador de partículas LHC que estão disparando feixes de protons no túnel de 27 km de extensão sob a fronteira da França com a Suiça a fim de recriar o big bang, explosão que segundo eles deu origem à vida. Os cientistas sérios dizem que tal prática pode formar um buraco negro na terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário