quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

CASAL HERNANDES É CONDENADO EM SÃO PAULO


O casal fundador da Igreja Renascer em Cristo foi condenado a quatro anos de reclusão por crime de evasão de divisas. Estevam e Sônia Hernandes, porém, vão cumprir a pena em liberdade, com prestação de serviços a entidades filantrópicas. A decisão foi do Juiz Fausto Martin de Sanctis, da 6ª Vara Criminal de São Paulo. Em janeiro de 2007, os dois tentaram embarcar nos Estados Unidos com US$ 56 mil não declarados à alfândega norte-americana.

O magistrado também determinou que o casal deve pagar 164 dias-multa, e o valor para cada dia é de cinco salários mínimos. O advogado de defesa, Luiz Flávio Borges D'Urso, afirmou que a sentença é absurda, e que vai recorrer. Os dois também não poderão, enquanto durar a pena, frequentar determinados lugares como lojas de luxo, cassinos, leilão de bens e países que não existam templos religiosos próprios, e mesmo assim precisarão de uma autorização judicial.

Estevam e Sônia foram detidos no dia 9 de janeiro de 2007, quando tentaram entrar nos Estados Unidos com US$ 56 mil não declarados escondidos numa bolsa, na mochila do filho, num porta-CDs e até numa bíblia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário