segunda-feira, 23 de novembro de 2009

NEW YORK TIMES: VISITA DE AHMADINEJAD PREJUDICA AMBIÇÕES DO BRASIL


A edição desta segunda-feira do jornal The New York Times afirma que as ambições do Brasil de se tornar um ator mais importante no cenário diplomático global estão "colidindo" com os esforços dos Estados Unidos e de outros países para intervir no programa nuclear do Irã. A matéria é baseada na recepção que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad, nesta segunda-feira.

"A visita é parte de um grande empurrão do Sr. Da Silva (Lula) para percorrer o aparentemente intratável mundo da política do Oriente Médio", diz o jornal, lembrando as visitas do presidente de Israel Shimon Peres e do presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas. A matéria, cujo título fala que o Brasil dá uma "cotovelada" nos Estados Unidos no cenário diplomático, lembra as críticas de diplomatas e de outras autoridades à recepção de Ahmadinejad. A reportagem do NY Times lembra que a visita pode cortar os esforços do Oeste para pressionar o Irã, estremecer as relações entre o Brasil e os Estados Unidos e prejudicar a sua crescente reputação como poder global.

O democrata Eliot Engel, presidente do subcomitê da Casa Branca para o Hemisfério Oeste, afirma à reportagem que a visita é um "erro grosseiro e terrível", pois o Brasil está dando o "ar de legitimidade" a Ahmadinejad, considerado por ele ilegítimo até mesmo para seu próprio povo. "Não faz sentido para mim, e prejudica a imagem do Brasil, francamente", afirmou. A reportagem também lembra que as relações entre Estados Unidos e Brasil fiacram "tensas" depois das críticas que Lula fez à forma que os Estados Unidos lidaram com a crise em Honduras, e à sua crescente presença militar na Colômbia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário