sexta-feira, 16 de outubro de 2009

ONDE VOCÊ ESTÁ?

No Antigo Testamento em Gênesis 3.9, Deus pergunta a Adão:

"Onde você está?"
Deus ainda está fazendo essa mesma pergunta a cada um de nós hoje...

Onde estamos no que diz respeito ao plano de Deus para a nossa vida?

Onde estamos no que se refere ao dons e talentos que Deus nos deu?

Por muitos anos essas perguntas pulsavam e ardiam dentro de mim.

Como disse Edmund Burke: "A única coisa necessária para que o mal triunfe é os homens de bem não fazerem absolutamente nada". Acredito que de todas as questões, devemos ser mais decididos nas de natureza ESPIRITUAL. Se formos neutros nos assuntos espirituais, acabaremos descobrindo que estamos contra o "Céu".


Você já notou que há pessoas conhecidas suas que, estão EXATAMENTE no mesmo lugar hoje que estavam cinco anos atrás? Saiba que se não decidirmos o que é importante para nós, faremos o que é IMPORTANTE PARA OS OUTROS!

Muita gente está ESPERANDO por Deus, mas na maioria dos casos Deus é que está esperando por ela. As idéias levam a propósitos, os propósitos se transformam em ações, as ações formam hábitos, os hábitos definem seu caráter e o caráter estabelece nosso DESTINO. Muitos gastam tempo demais sonhando com o futuro, sem jamais perceber que todo dia chega mais um pouco perto dele.

Temos a profecia de que, nos últimos dias, anteriores à vinda de Cristo, a capacidade mental do ser humano aumentaria tremendamente. Isso já está ocorrendo em uma escala acelerada. Na realidade, todas as descobertas, invenções e avanços que experimentamos entre 1930 e 1980, ou seja, em apenas cinqüenta anos, excedem a soma total das realizações humanas desde o início dos tempos até 1930. Isso mostra como se intensificam os avanços no plano natural.

A questão é: "Se tais avanços estão ocorrendo no mundo natural, o que acontece no mundo espiritual?" Será que Deus irá permitir que a Igreja se arraste em um nível inferior ao desenvolvimento e ao progresso do mundo?

De jeito nenhum! Ainda não vimos nada! Por quê? A profecia de Joel está sendo cumprida, Deus tem derramado o seu Espírito sobre toda carne (Joel 2.28,29). Você verá o milagre de Deus como nunca antes. Testemunhará um avanço espiritual que trará Deus para perto de nós mais do que nunca.

A Igreja logo será arrebatada. Muitos cristãos relacionam a expressão "tempo de colheita" com a conversão de almas por todo mundo. Entretanto, é muito mais do que isso: É o tempo em que o povo de Deus deve PREPARAR-SE PARA A BATALHA.

As fases do ciclo da colheita dos últimos dias foram planejadas por Deus para levar o seu povo a uma NOVA DIMENSÃO de crescimento e de maturidade espiritual.

Trata-se da época mais importante da história da Igreja, um período em que tudo que os cristãos aprendem de Deus será traduzido em uma ATITUDE DINÂMICA. Esse ciclo ira encerrar a última era da Igreja com a colheita de almas mais miraculosa e intensa que o mundo já viu.

O ciclo da colheita dos últimos dias irá revelar aos que conhecem a Deus pessoalmente uma nova dimensão de amor e intimidade. Eles saberão quem são no Senhor e terão consciência de que são co-herdeiros das riquezas divinas em Cristo Jesus.

Irão exercer esse privilégio para se apropriar de tudo que Deus colocou à disposição para eles e completar a obra que lhes está proposta. Por fim, responderão à ordem de marchar a fim de conquistar o mundo para o Senhor Jesus Cristo.

Os soldados do exército que atuará na colheita dos últimos dias não apenas ouvirão o toque da trombeta a convocá-los para a ação, serão capazes de interpretar esse som; sabendo que Deus espera deles.

O Senhor irá despertar o seu povo - aqueles que sabem quem realmente são e têm poder para realizar tudo que o Pai deseja, os dias de sons incertos terminaram. Estamos entrando em uma nova dimensão da guerra espiritual: O ciclo da colheita dos últimos dias!

Faça mais que existir: VIVA!
Faça mais que ajudar: SIRVA!
Faça mais que sonhar: REALIZE!
Faça mais que somar: MULTIPLIQUE!
Faça mais que viver: VIVA COMO JESUS ENSINOU!

acesse http://www.tempofinal.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário