sábado, 26 de setembro de 2009

TEOLOGIA DA DETERMINAÇÃO E REINVIDICAÇÃO, PODEMOS EXIGIR DE DEUS?

Teologia da determinação e reivindicação: Cristianismo ou feitiçaria?“Então o tentador, aproximando-se, disse: Se é filho de Deus MANDA que essa pedra se transforme em pães”. MT 4:3Infelizmente hoje nas igrejas temos visto muitos serem levados por ventos de doutrina, como por exemplo, a teologia da determinação e reivindicação, em que o povo é ensinado por seus pastores a determinarem as suas bênçãos e a reivindicarem de Deus as suas vitórias e “direitos”, porém a verdade é que esse ensinamento equivocado possui o mesmo princípio satânico que vemos no versículo bíblico acima, onde satanás tenta induzir a Jesus a “determinar” ou “reivindicar” que a pedra se torne em pão: “Manda que essa pedra se torne em pão...”Podemos perceber que satanás lança sua proposta: mande,ordene,reivindique de Deus que transforme essas pedras em pão, Ele tem que satisfazer a sua vontade, se você é filho mesmo você pode. Jesus rejeitou essa proposta. O princípio satânico é o mesmo dessa teologia que parece querer colocar o homem na posição de comando, onde o povo é incentivado a dar ordens a Deus, tentando colocar o homem no comando, a criatura ordenando ao Criador.Doutrinas de demônios“Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.” I Tm 4:1Ensinam, dentro dessa falsa doutrina, a “confissão positiva” onde dizem que a palavra do homem, ao ser pronunciada, tem “poder” e por isso deve-se ordenar e reivindicar algo através do poder de sua palavra e assim, ativada pela “fé”, um poder será liberado e aquilo vai acontecer e seus desejos serão realizados, como na feitiçaria que ensina justamente que uma palavra de comando previamente determinada deve ser ativada e assim aquilo que você deseja é liberado. Podemos, então, discernir que essa doutrina da determinação possui o mesmo princípio ocultista utilizado por religiões satânicas, trazendo assim doutrinas de demônios, sorrateiramente, para dentro das igrejas.Somos servos ou senhores?“Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis; Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.” Gn 3:4-5Ora, se o poder será “ativado” pela palavra “poderosa” (confissão positiva) do homem, o poder e o comando são do homem e não mais do Senhor, logo este estará independente de Deus, justamente como a serpente sugeriu a Eva no Éden conforme o versículo acima, a sedutora oferta de ser igual a Deus, a estar no comando, a ser independente do Senhor, conforme um dia Lúcifer desejou,ele quis tomar o lugar de Deus e ainda hoje quer implantar no homem a mesma semente de rebelião.Na verdade, os tais pastores que pregam esse engano, não passam de instrumentos de suas próprias cobiças. O povo, por sua vez, também atraídos pela sua própria cobiça e querendo um Jesus “instantâneo” para satisfazer seus desejos e caprichos acabam sendo presas fáceis para esse tipo de “negócio”, ou seja, é a clientela e os mercenários da fé, uns mercadejam a Palavra de Deus e vendem Jesus por “trinta moedas de prata”, propagando um evangelho falso, porém muito lucrativo, que enche suas igrejas, enquanto, por outro lado, o povo aceita prontamente tais ofertas, pois querem garantir suas bênçãos, afinal o homem tem essa tendência de querer satisfazer seus anseios e assim são iludidos e persuadidos, tornando-se massa de manobra nas mãos de lobos devoradores.Deus é soberanoHumilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte. (I PE 5:6)Deus é soberano e não divide sua glória com ninguém. Todo poder foi dado ao Senhor no céu e na terra, e nós homens, recebemos as bênçãos de Deus pela sua graça, que significa favor IMERECIDO, e não um direito a ser reivindicado.A bíblia nos ensina a nos humilharmos e nos sujeitarmos a Deus, a clamarmos, suplicarmos, pedirmos e não ordenarmos nada. Quem mandou Jesus ordenar que as pedras se tornassem em pão foi o diabo. Jesus recusou a oferta de satanás. Ele disse que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que vem da boca de Deus. Que nós também venhamos a recusar e viver segundo a Palavra de Deus. Somos servos e Ele é o Senhor! Fonte http://www.resgatandoaverdade.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário