quarta-feira, 29 de julho de 2009

INSTITUTO DO TEMPLO PREPARA COROA PARA O NOVO SUMO SACERDOTE




O Instituto do Templo (Temple Institute) em Jerusalém anunciou esta semana que completou a coroa de ouro maciço que a Bíblia ensina dever ser levada pelo sumo sacerdote quando no cumprimento dos seus deveres no Templo - relatou a agência Israel National News. A preparação da coroa fez com que artistas seguissem escrupulosamente durante mais de um ano as instruções registadas na Bíblia, textos sagrados judaicos e diversas fontes históricas. A coroa ficará exposta na parte velha da cidade de Jerusalém até à altura em que o Terceiro Templo for construído no Monte do Templo e a casta sacerdotal de Israel reassumir as suas funções no local. O Instituto do Templo tem desde há décadas estado a preparar as roupagens e os artigos necessários para o dia em que o Terceiro Templo for reedificado. O Rabi Chaim Richman, diretor do Instituto do Templo, informou a agência noticiosa que a próxima tarefa será completar os projetos arquitetonicos para o Terceiro Templo, incluindo as projeções dos custos e os esquemas e detalhes das partes eletricas e das canalizações. Impressionante? Nem tanto, para quem acredita que está próximo o momento em que o sonho dos judeus se irá finalmente concretizar, ao fim de 2 mil anos de espera. O significado deste grupo é que são pertencentes ao Terceiro Templo, e que agora tem uma hierarquia com jurisdição legal sobre as questões religiosas oficial de Israel, disse um rabino. O Sinédrio poderia ser a mais poderosa voz em nome da reconstrução do Templo. Rabino Chaim Richman é um membro do Sinédrio, e pode ser considerado por alguns como o mais novo Sumo Sacerdote de Israel. Como o Diretor Internacional do Instituto do Templo, e ele tem sido o mais enérgico delegado no mundo para a reconstrução do Terceiro Templo. Com a força de todo o Sinédrio atrás dele, podem esperar que os mais sérios esforços no sentido de serão gastos para esse fim.
Na Páscoa de 1998, rabinos judeus realizaram um sacrifício de um animal no Muro Ocidental, que pode ter sido o primeiro sacrifício animal realizado no local do templo desde 70 DC (foto). É difícil avaliar a importância desta ação específica. Gershon Salomon fez sua terceira tentativa frustrada de se realizar um sacrifício sobre o Monte do Templo em 4 de abril de 1999. Em 1998, foi feito em uma colina chamada Givat Hananya. Outro sacrifício foi realizado, desde então, em um local diferente.
Em abril de 2008 os rabinos afirmaram que estão se preparando agora para realizar alguns sacrifícios de animais, num lugar bem próximo, no Monte do Templo. Isto será um ato muito provocativo, e provavelmente irá desencadear na terra santa uma Jihad Islâmica. Isto tem o potencial de um conflito armado dentro de Jerusalém, talvez até no mundo inteiro. Não posso imaginar nada no mundo a ser mais antagônico ao Islã radical do que um sacrifício jorrando sangue de um animal, à sombra da Cúpula da Rocha. O ato em si, no entanto, é provavelmente um precursor necessário a quaisquer preparativos para a santificação do Terceiro Templo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário